PUBLICIDADE
Topo

Corolla de fundador do Talibã é desenterrado após décadas escondido dos EUA

Talibã desenterra carro de líder após 20 anos - Reprodução
Talibã desenterra carro de líder após 20 anos Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL

07/07/2022 11h09

Um Toyota Corolla branco que pertencia ao fundador do Talibã, Mullah Mohammad Omar, foi desenterrado recentemente a leste do Afeganistão, em Zabul. O modelo ficou embaixo da terra por mais de duas décadas, escondido no local desde a invasão dos Estados Unidos ao país depois dos ataques terroristas de 11 de setembro.

Agora, o grupo escavou o veículo para ser exibido no museu nacional da capital Cabul como um "grande monumento histórico", de acordo com Rahmatullah Hammad, diretor de informação e cultura da província de Zabul.

O museu já abriga carros e carruagens de ex-reis e primeiros-ministros, incluindo um veículo com vidro à prova de balas fragmentado por uma tentativa de assassinato.

"(O carro) ainda está em boas condições, apenas a frente está um pouco danificada", disse Hammad à AFP.

"Este veículo foi enterrado pelos combatentes como um memorial a Omar em 2001 para evitar que fosse perdido".

Após a criação do Talibã, o Afeganistão se tornou um local de proliferação para grupos terroristas, incluindo a Al-Qaeda de Osama bin Laden - responsável pelos ataques de 11 de setembro. O Talibã se recusou e entregar Bin Laden em 2001, o que fez com que os EUA e seus aliados invadissem o Afeganistão.

Mullah Omar morreu escondido em 2013, com sua morte tendo sida mantida em segredo por dois anos.

Os acontecimentos ocorrem após os EUA tirarem suas tropas de Cabul em 2021, com o poder local retornando para as mãos do Talibã.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.