PUBLICIDADE
Topo

Honda mais caro do Brasil: Accord híbrido chega às lojas por R$ 299.900

José Antonio Leme

do UOL, em São Paulo (SP)

13/08/2021 11h55

A Honda iniciou as vendas do Accord híbrido no Brasil: o sedã chega importado e custa R$ 299.900. Apresentado no primeiro semestre, o modelo chega agora às lojas como o primeiro de três híbridos que a Honda pretende lançar no Brasil até 2023.

Além da inédita tecnologia híbrida para o modelo no Brasil, o Accord chega também com a primeira reestilização nessa geração do sedã médio grande.

O seu sistema híbrido combina o motor quatro cilindros 2.0 a gasolina, de ciclo Atkinson - que melhora o consumo, mas reduz a potência e torque - com dois elétricos. O 2.0 entrega 145 cv e 17,8 mkgf e os elétricos produzem 184 cv e 32,1 mkgf. O câmbio é automático CVT criado para modelos híbridos.

De acordo com a Honda, o modelo tem consumo de 17,6 km/l na cidade e de 17,1 km/l na estrada, já de acordo com os dados que estarão no Conpet, do Inmetro.

Um dos motores elétricos gera tração nas rodas e o segundo atua só como um motor gerador, alimentando o sistema elétrico. São três modos de condução disponíveis: EV Drive, Hybrid Drive e Engine Drive.

No primeiro, o carro é tracionado em modo 100% elétrico com a energia da bateria. O segundo aciona o motor a combustão apenas para recarregar a bateria de íons de lítio que vai fornecer energia ao motor elétrico; o terceiro usa o 2.0 para tracionar as rodas e é usado em velocidade de cruzeiro, ou seja, em rodovias.

O Accord conta ainda com quatro níveis de regeneração de energia por meio da frenagem e que podem ser ajustados por aletas atrás do volante, já que não há opção de trocas de marchas manuais. Esse sistema de regeneração reduz o uso do freio convencional porque ele serve também para parar o carro.

Equipamentos

De série, o Accord híbrido traz o pacote Honda Sensing, que tem controle de velocidade adaptativo, frenagem autônoma de emergência e assistente de permanência em faixa de rodagem com correção no volante. O pacote mantém também a câmera anexada ao espelho retrovisor direito, que auxilia em manobras ou conversões para eliminar o ponto cego quando a seta é ativada.

Completam a lista oito airbags, controles de tração e estabilidade, além de frenagem em manobras, para mitigar colisões em baixa velocidade e alerta de uso do banco traseiro.

Visual novo

A dianteira tem novas grades e para-choque e novos faróis de neblina, que agora são de LEDs, como os principais. As rodas são de 17" e têm novo desenho. Na traseira, o para-choque traz um novo defletor e o logo que identifica a versão híbrida.

Por dentro, a novidade está na central multimídia com integração sem fio a Android Auto e Apple CarPlay, carregador de indução com maior potência e, para quem vai atrás, duas saídas USB para recarga de dispositivos eletrônicos. O painel de instrumento ganhou novo grafismo.