PUBLICIDADE
Topo

Ex-ator mirim da Globo desrespeita lei a 250 km/h com Volvo de test-drive

Com passagem pela novela "Eterna Magia" quando era criança, em 2007, Guillermo Hundadze já apareceu no "Fantástico" acelerando em alta velocidade em vias públicas - Reprodução
Com passagem pela novela 'Eterna Magia' quando era criança, em 2007, Guillermo Hundadze já apareceu no 'Fantástico' acelerando em alta velocidade em vias públicas
Imagem: Reprodução

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/06/2021 04h00

Ex-ator mirim da TV Globo, Guillermo Hundadze tem virado notícia nos últimos tempos por seu canal no Youtube, onde aparece acelerando motos e carros acima da velocidade permitida e fazendo manobras perigosas - tudo isso em vias públicas. As postagens mais recentes envolveram a Volvo: ele utiliza um dos veículos do novo programa de test-drive da montadora para guiar de maneira imprudente.

Os vídeos mostram Hundadze dirigindo um Volvo S90, no qual atinge 250 km/h, aparentemente na rodovia Régis Bittencourt. Em outra postagem, ele "costura" em meio ao tráfego a 130 km/h na Marginal Tietê, na capital paulista, quase colidindo em outros automóveis. Os limites nessas vias são de, respectivamente, 100 km/h e 90 km/h.

Procurado por UOL Carros, Hundadze confirma que a montadora emprestou o veículo neste mês na capital paulista, como parte do programa de test-drive Volvo Lovers. Ele também sugere que em muitas das publicações de seu canal, sem mencionar quais, teriam outro condutor ao volante dos veículos em alta velocidade.

Por sua vez, a Volvo informa que "teve ciência dos vídeos publicados e lamenta o uso do veículo nessas condições", além de destacar que "o departamento jurídico da marca está analisando o ocorrido e tomará as medidas necessárias". As ilegalidades foram publicadas após a devolução do veículo.

Hundadze acelera Volvo S90 emprestado a 172 km/h em trecho cuja velocidade máxima é de 100 km/h - Divulgação - Divulgação
Hundadze acelera Volvo S90 emprestado a 172 km/h em trecho cuja velocidade máxima é de 100 km/h
Imagem: Divulgação

A montadora afirma, ainda, que já solicitou ao YouTube a remoção dos vídeos do S90 com ilegalidades no canal de Hundadze. Questionado, o Google, dono do YouTube, responde que não irá comentar o caso.

Híbrido, o sedã de luxo tem mais de 400 cv de potência e seu preço sugerido é de R$ 384.950.

Já o programa Volvo Lovers libera um empréstimo gratuito de automóvel da marca durante o período de quatro dias, bastando à pessoa ter CNH (Carteira Nacional de Habilitação) válida. É preciso fazer um cadastro e assinar termo de comodato no qual o indivíduo se "compromete a realizar o uso adequado do veículo e zelar pelo cumprimento das leis de trânsito".

Conforme nossa apuração, Hundadze cumpriu os trâmites exigidos para ter acesso ao carro.

Investigação por disputa de racha

Guillermo Hundadze como o personagem Quinzinho da novela 'Eterna Magia' (Globo), de 2007 - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Guillermo Hundadze como o personagem Quinzinho da novela 'Eterna Magia' (Globo), de 2007
Imagem: Reprodução/TV Globo

Nossa reportagem confirmou com o promotor de Justiça Renato Davanso, do Ministério Público de São Paulo, que Guillermo Hundadze responde atualmente a pelo menos um inquérito policial por suspeita de disputa de racha.

Suas aceleradas em vias públicas, que envolveram até provocações em frente à casa do governador João Doria, na capital paulista, foram abordadas no ano passado por reportagens de UOL Carros. Antiga empregadora, a TV Globo também abordou os vídeos de Guillermo em pelo menos duas oportunidades - a última delas foi no programa "Fantástico", que em maio do ano passado retratou o ex-ator e outros youtubers dirigindo de forma perigosa e ilegal.

Hundadze já defendeu em seus vídeos que estes não podem ser usados como provas contra si e alega que guiar acima do limite de velocidade permitido em rodovias não constitui crime de trânsito.

"Alta velocidade não é crime em rodovia, segundo o Código de Trânsito Brasileiro. Se eu quisesse andar a 300 km/h, por exemplo, não seria crime", afirma o ex-ator mirim.

Youtuber também 'costurou' com Volvo na Marginal Tietê, disparando alertas de colisão e quase batendo - Reprodução - Reprodução
Youtuber também 'costurou' com Volvo na Marginal Tietê, disparando alertas de colisão e quase batendo
Imagem: Reprodução

Marco Fabrício Vieira, membro do Cetran-SP (Conselho Estadual de Trânsito de São Paulo), explica que trafegar em alta velocidade em rodovias, dependendo da circunstância, realmente não é considerado um crime de trânsito, passível de penas severas que incluem até prisão. Porém, ainda assim é uma infração e rende multas.

"Embora seja conduta repugnante do ponto de vista da segurança, imprimir velocidade em rodovias não caracteriza necessariamente crime de trânsito, mas apenas infração administrativa prevista no Artigo 218 ou no 220 do CTB", explica

De acordo com Vieira, para configurar o crime de velocidade incompatível, a conduta precisa ser praticada nas proximidades de escolas, hospitais, estações de embarque e desembarque de passageiros, logradouros estreitos ou onde haja grande movimentação ou concentração de pessoas. Nesse caso, a pena é de seis meses a um ano de detenção ou multa pecuniária.

"Porém, quando há disputa de corrida ou competição não autorizada, poderá configurar crime de racha previsto no Artigo 308 do CTB, que prevê penas de detenção de seis meses a três anos, que podem subir para cinco a dez anos de reclusão em caso de morte".

'Se não andar, eu empurro'

Hundadze apresentou proposta de lei para penalizar motorista mais lento que não dá passagem na pista da esquerda - Reprodução - Reprodução
Hundadze apresentou proposta de lei para penalizar motorista mais lento que não dá passagem na pista da esquerda
Imagem: Reprodução

Hundadze chamou a atenção na televisão em 2007, com o personagem Quinzinho da novela "Eterna Magia". Seu último trabalho na Globo foi em 2008 e, segundo a emissora, desde então não há vínculo profissional entre as partes.

Hoje com pouco mais de 20 anos, ele conta que, além do canal no Youtube, trabalha com análise de crédito e que suas gravações sobre carros são apenas um "hobby".

Ele afirma, em diversas postagens na rede social, que é conhecedor da legislação de trânsito - apresentou ao Senado proposta legislativa para tornar infração gravíssima, com suspensão do direito de dirigir por seis meses, "deixar de dar passagem pela esquerda, quando solicitado", a veículos com velocidade maior.

A ideia teve apenas 1.105 apoios dos 20 mil necessários para ser encaminhada para análise dos senadores e acabou arquivada.

O youtuber, inclusive, posta regularmente vídeos com o tema "se não andar, eu empurro" - nos quais "encosta" na traseira de veículos mais lentos, pedindo passagem com a seta ligada no lado esquerdo e lampejando os faróis - ele fez isso inclusive com o Volvo.