PUBLICIDADE
Topo

Como é Fiat adaptado que filha de Gerson Brenner quer comprar com vaquinha

Doblò com teto alto e plataforma para entrada de cadeirante é cerca de R$ 40 mil mais caro do que modelo zero sem adaptações - Reprodução
Doblò com teto alto e plataforma para entrada de cadeirante é cerca de R$ 40 mil mais caro do que modelo zero sem adaptações Imagem: Reprodução

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

10/03/2021 15h21

Nesta semana, Vitória Brenner, filha do ex-ator global Gerson Brenner, fez um apelo. Em sua conta no Instagram, ela iniciou uma vaquinha para comprar um veículo adaptado para o pai, que tem sérias limitações de mobilidade causadas por um tiro na cabeça enquanto trocava o pneu do carro, há quase 23 anos.

Vica, como a jovem é conhecida, compartilhou um vídeo no qual pede ajuda para arrecadar R$ 150 mil e adquirir um Fiat Doblò adaptado para transportar Gerson com sua cadeira de rodas.

Um Doblò zero-quilômetro sem adaptações hoje custa cerca de R$ 110 mil.

"Por eu querer proporcionar qualidade de vida, momentos felizes e dar motivos para que ele continue sendo forte, temos como sonho comprar um Doblò de teto alto, já que ele não cabe nos carros convencionais e, quem sabe, assim, realizar o sonho de alguém que não vê o mar, a grama, a rua há 23 anos", disse na postagem.

Até a publicação deste texto, a vaquinha já passava de R$ 28,6 mil, doados por 362 apoiadores. Mas como é o veículo que Vica pretende dar ao pai? E por que fica tão mais caro?

Segundo ela, o modelo pretendido é comercializado pela Cavenaghi, tradicional empresa especializada em equipamentos de mobilidade e adaptação de automóveis para clientes PCD (pessoas com deficiência).

Fiat Doblò Adaptado Cavenaghi rampa - Reprodução - Reprodução
Cadeira de rodas é posicionada em rampa retrátil com acionamento elétrico por meio de 2 botões
Imagem: Reprodução

Com venda sob encomenda, o Doblò com teto alto da Cavenaghi traz um elevador, instalado na parte traseira, para levantar o cadeirante e conduzi-lo até o interior do carro.

O elevador tem capacidade para até 300 kg, duas barras de apoio e é acionado eletricamente por meio de dois botões localizados em uma das duas portas traseiras - permitindo controlar as funções de subida e descida, como também de retração e fechamento da respectiva plataforma.

Fiat Doblò adaptado Cavenaghi amarração da cadeira de rodas - Reprodução - Reprodução
Cadeira de rodas conta com pontos de fixação ajustáveis que podem ser facilmente removidos
Imagem: Reprodução

Assim que a cadeira e seu ocupante estão instalados, há um sistema de travamento, de forma a evitar deslocamento do cadeirante. As travas são ajustáveis para diferentes tamanhos de cadeira de rodas e têm engate rápido, ou seja, podem ser removidas quando não estão em uso.

O cadeirante conta, ainda, com cinto de segurança de três pontos específico e encosto de cabeça, enquanto há um assento traseiro para o acompanhante, além do banco bipartido original.

Fiat Doblò adaptado Cavenaghi cinto de 3 pontos - Reprodução - Reprodução
Cadeirante conta com cinto de 3 pontos e piso plano; estrutura é reforçada para receber equipamentos
Imagem: Reprodução

No caso de Gerson Brenner, o veículo seria conduzido por terceiros. Assim,os dois bancos da frente são preservados.

A Cavenaghi afirma que o carro adaptado é homologado quanto à eficiência dos equipamentos de segurança em caso de colisão. Além disso, permite que o teto de fibra de vidro reforçado seja removido, para instalação em outro Doblò, em caso de troca do veículo.

As portas laterais e traseiras não sofrem alterações, mantendo a originalidade do carro, de acordo com a empresa.