PUBLICIDADE
Topo

Musk desconhece tecnologia autônoma de rival e toma invertida em tweet

Waymo Chrysler Pacifica Hybrid  - Caitlin O"Hara/Reuters
Waymo Chrysler Pacifica Hybrid Imagem: Caitlin O'Hara/Reuters

Do UOL

Em São Paulo (SP)

09/10/2020 11h13

Oferecendo passeios em seu carro autônomo há cerca de dois anos para convidados, a Waymo confirmou recentemente que abrirá seu modelo para o público geral na cidade de Phoenix, nos Estados Unidos. A novidade é interessante para a indústria, já que anteriormente os passageiros da Waymo utilizavam o serviço sob acordos de sigilo.

De acordo com a Waymo, as pessoas disseram a eles que andar no modelo é uma experiência "mágica". Todo o programa do carro será realizado em um raio de 80 km inicialmente sem motoristas de segurança. Isso será expandido com o dobro do tamanho com a presença de motoristas de prontidão nos veículos.

Mas o sempre polêmico CEO da Tesla, Elon Musk, foi indiferente quando viu um comentário sobre o anúncio no Twitter, e respondeu provocando.

"A Waymo é impressionante, mas uma solução altamente especializada. A abordagem da Tesla é uma solução geral. A versão mais recente é capaz de ter unidades de intervenção zero. Lançaremos um beta limitado em algumas semanas", disse Musk.

A Waymo respondeu a Musk após ele mostrar que não está atualizado com seu projeto. "Sim, somos especializados em condução com intervenção zero. Confira nossas etiquetas de volante", twittou a empresa com imagens que mostram adesivos no carro que pedem para que passageiros não toquem nos volantes dos modelos.

Chefe da Waymo, John Krafcik cutucou mais fundo: "máquinas de direção verdadeiramente autônomas têm etiquetas de advertência alinhadas com suas capacidades. Estamos confiantes no Driver Waymo".

Musk não respondeu aos tweets.