Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Fiat investe R$ 40 mi para fazer laboratório de crash test em MG

Vitor Matsubara

Do UOL, em Betim (MG)

17/07/2019 15h00

A Fiat abriu hoje (17) o Safety Center, laboratório para desenvolvimento de carros dentro da fábrica de Betim (MG).

Foram investidos R$ 40 milhões na construção do centro de segurança, incluindo a realização das obras e compra dos equipamentos.

O complexo com área total de 7.600 metros quadrados inclui uma pista com 130 metros de extensão para realizar crash tests. É possível avaliar veículos com até 4 toneladas de peso a uma velocidade de até 100 km/h.

As obras começaram em abril de 2018 e o centro está em funcionamento desde maio deste ano. Segundo a marca, um time de mais de 50 engenheiros trabalha no local.

Equipamentos de ponta

Esta não é a primeira vez que a Fiat constrói um laboratório deste tipo no Brasil. Em 2003, a fabricante inaugurou um complexo com o nome do fundador da Fiat, Giovanni Agnelli. Desde então vários produtos foram desenvolvidos lá, como o Uno, em 2008.

"Este centro representa 100% de confiança dos acionistas e da alta cúpula da empresa e nos dá confiança para continuar desenvolvendo nosso trabalho", declarou Márcio Tonani, engenheiro de desenvolvimento de produto Latam.

Há câmeras de alta velocidade, sistema de iluminação por LEDs e acelerômetros com até 2 mil g. O local conta ainda com equipamentos que simulam fadiga e impactos mais brandos, como impactos no para-choque e batidas de porta.

O laboratório possui ferramentas de simulação virtual para reproduzir os efeitos de um crash test pelo computador.

Isso permite que os engenheiros simulem e identifiquem danos na carroceria e especialmente aos passageiros sem a necessidade de realizar testes físicos.

Além disso, a fabricante afirma que o desenvolvimento dos produtos da FCA Latam é realizado em menor tempo com a assistência deste laboratório.

Seu Automóvel