Topo

Segredos automotivos


Novo Renault Duster surge camuflado; estreia em 2020 não terá motor turbo

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/07/2019 13h34

Resumo da notícia

  • Fonte confirmou a UOL Carros que motor 1.3 turbo "não está previsto"
  • Já em testes no país, renovação do SUV só chega no ano que vem
  • Utilitário manterá plataforma atual, mas toda estamparia irá mudar

Apresentado na Europa em 2017, o novo Renault Duster está em fase acelerada de testes no Brasil, embora seu lançamento no país vá acontecer apenas em 2020 - ao que tudo indica, no primeiro semestre. UOL Carros recebeu fotos do leitor Eduardo Skakork, que fotografou um protótipo levemente camuflado rodando nos arredores de São José dos Pinhais (PR), onde fica a fábrica da marca francesa.

Conforme fonte familiarizada com o lançamento, além de não chegar este ano, o novo Duster também não será vendido aqui com o novo motor 1.3 turbo de até 170 cv oferecido na Europa - nem outra opção turbinada. Com isso, portanto, deverá manter a motorização 1.6 flex aspirada de 120 cv, com transmissão manual ou CVT e tração dianteira.

Atualmente, a configuração 2.0 bicombustível de 148 cv do utilitário esportivo é oferecida apenas com câmbio manual e tração 4x4.

Por outro lado, o novo Duster seguirá quase sem mudanças nas dimensões atuais, embora a Renault já tenha afirmado que todas as peças de estamparia são novas - destaque para os faróis redesenhados, com luzes de condução diurna de LEDs integradas, e para as lanternas traseiras com formato quadrado, que remete às peças usadas no Jeep Renegade.

A plataforma será a mesma utilizada hoje, porém com reposicionamento dos bancos e da coluna frontal para aumentar o espaço aos passageiros. Aliás, uma das fotos do protótipo mostram parte da nova cabine, confirmando que o novo Duster brasileiro manterá as saídas de ar retangulares com cantos arredondados do carro europeu.

A julgar pelas imagens oficiais da cabine já divulgadas pela Renault na Europa, a versão nacional terá novos painel, volante e comandos do ar-condicionado, com melhorias no acabamento, porém sem deixar a simplicidade característica do SUV - vendido no mercado europeu como opção de baixo custo, inclusive com o emblema da romena Dacia, subsidiária da montadora francesa.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Segredos automotivos