Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

McLaren celebra 1º ano e quer fechar 2019 com 30 carros vendidos no Brasil

Superesportivo GT chega ao país entre setembro e outubro - Divulgação
Superesportivo GT chega ao país entre setembro e outubro
Imagem: Divulgação

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/06/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Marca já vendeu 31 veículos em pouco mais de um ano no país
  • Expectativa é fechar 2019 com 30 carros comercializados
  • 2º semestre terá três lançamentos, incluindo o "gran tourer" GT

Foi no começo de maio que a McLaren iniciou suas atividades de forma oficial no Brasil. O momento podia não ser o mais apropriado para a marca desembarcar no Brasil, mas a empreitada deu certo. Rapidamente os frutos vieram: a meta inicial de vender 20 veículos foi batida em menos de um ano de operação, mesmo com apenas uma concessionária no país -- localizada no bairro da Vila Olímpia, em São Paulo (SP).

Passados 13 meses, o grupo Eurobike (representante oficial da marca inglesa no país) acumula 31 veículos vendidos. De janeiro a junho deste ano, a empresa vendeu 13 unidades e a expectativa é vender 30 carros neste ano -- já contando os quatro exemplares do raro McLaren Senna adquiridos por clientes brasileiros.

O primeiro exemplar já foi entregue e o segundo, encomendado em um belo tom de verde (conhecido mundialmente como "British Racing Green", em alusão à cor imortalizada pelos carros de competição ingleses), está no showroom.

Semestre recheado de lançamentos

O segundo semestre terá boas novidades. A marca acaba de mostrar os novos 600 LT e 720 S Spider, vendidos por R$ 3,25 mlhões e R$ 3,45 milhões, respectivamente. Oito exemplares serão importados para cá -- quatro de cada modelo.

Além da dupla de conversíveis, a McLaren prepara a chegada do GT. O superesportivo com pegada de modelo "Gran Tourer" (carro de alto desempenho feito para longas viagens), está confirmado para o mercado brasileiro no segundo semestre, entre setembro e outubro.

Mais Seu Automóvel