Topo

Testes e lançamentos


Fiat anuncia Grand Siena 1.4 preparado de fábrica para receber kit GNV

Do UOL, em São Paulo (SP)

30/04/2019 13h32

Resumo da notícia

  • Novidade inclui só preparação; kit deve ser instalado por terceiros
  • Instalação deve ser feita por empresa certificada pelo Inmetro
  • Nessa condição, Fiat dá garantia de 1 ano para kit de 5ª geração
  • Marca já vendeu Grand Siena Tetrafuel, que vinha com kit instalado

A Fiat anunciou nesta terça (30) que o Grand Siena começa a ser vendido nas concessionárias preparado de fábrica para receber kit GNV (gás natural veicular), instalado por terceiros. De acordo com a fabricante, o veículo, caso receba a adaptação, mantém a garantia de fábrica de um ano para kits de quinta geração, desde que o instalador seja certificado pelo Inmetro.

A preparação é exclusiva da versão Atractive com motor 1.4 flex de 88 cv (com etanol), que tem preço sugerido de R$ 54.990. As modificações incluem válvulas e sedes de válvulas com nova geometria e produzidas com material mais resistente no cabeçote do motor, para maior durabilidade. Além disso, o coletor de aspiração foi projetado para receber na posição correta os bicos injetores de gás, melhorando o enchimento do motor e a formação da mistura ar-combustível.

Portanto, não se trata de relançamento da versão Tetrafuel, comercializada pela Fiat entre 2006 e o fim de 2016, com mesma motorização, que porém já vinha com o kit GNV, inclusive os cilindros para acondicionar o gás, instalado na linha de montagem.

A fabricante destaca a boa capacidade do porta-malas, de 520 litros, para receber os cilindros e ainda restar espaço para as bagagens. Porém, vale destacar que, no caso do antigo Tetrafuel, o espaço era reduzido para 390 litros e o peso também subia: de 1.094 kg para 1.207 kg.

Hoje, alguns estados concedem benefícios fiscais para veículos GNV: o Rio de Janeiro, por exemplo, libera esse tipo de carro da realização de vistoria para obtenção do CRLV, documento anual de certificado de licenciamento. Minas Gerais, por sua vez, irá isentar veículos GNV da cobrança de IPVA -- a lei está em fase final de regulamentação. Há poréns: o gás natural veicular teve reajuste de 40,1% em São Paulo e também encareceu em outros estados.

Mesmo após o lançamento do Cronos, há cerca de um ano, a Fiat mantém a produção do Grand Siena na fábrica de Betim (MG). Além da opção 1.4, o sedã compacto também é oferecido na versão Attractive 1.0, por R$ 49.990, que não conta com a preparação para GNV.

#Avaliação: Audi A5 Sportback G-Tron; como anda o Audi a gás

UOL Carros

Mais Testes e lançamentos