Topo

Carros elétricos


Tesla investiga incidente com carro que pegou fogo em estacionamento

22/04/2019 12h56

Resumo da notícia

  • Vídeo flagrou o incidente em um estacionamento de um prédio residencial
  • Incidente aumenta a preocupação com a segurança dos elétricos usando baterias de lítio

A Tesla disse que está investigando um incêndio em Xangai envolvendo um de seus veículos depois que um vídeo de um carro explodindo circulou nas redes sociais na China.

A fabricante de carros elétricos americana enviou uma equipe para Xangai e está em contato com as autoridades locais, disse a Tesla em sua conta oficial no Sina Weibo, um serviço de blog chinês, na segunda-feira. Até onde Tesla está ciente, não há vítimas.

O vídeo, tirado de uma câmera de circuito fechado no estacionamento de um prédio residencial, mostrou um sedã branco com o logotipo da Tesla emitindo fumaça de ambos os lados do carro antes de pegar fogo no domingo à noite. O incidente pode aumentar a preocupação com a segurança dos veículos elétricos usando baterias de lítio de alta densidade, à medida que a rápida expansão do mercado de veículos elétricos na China empurrou as vendas para mais de 1 milhão de unidades no ano passado.

Em 2018, a China registrou pelo menos 40 incidentes relacionados a incêndios envolvendo veículos de energia renovável, uma frota que inclui veículos de bateria elétrica pura, veículos híbridos plug-in e aqueles a células de combustível, de acordo com a Administração Estatal para Regulamentação do Mercado. O órgão regulador chinês requer a análise da qualidade dos veículos de energia nova e recolheu mais de 130.000 desses veículos no ano passado.

Em setembro, uma emissora de TV na cidade de Hangzhou informou que um carro elétrico modelo D2 da marca Zhi Dou, pertencente ao bilionário Li Shufu, proprietário do Zhejiang Geely Holding Group, pegou fogo na estrada. Em outro caso, um SUV híbrido plug-in da marca BYD pegou fogo enquanto estava estacionado no portão da estação ferroviária de Hongqiao de Xangai, em agosto do ano passado, de acordo com o site chinês thepaper.cn.

Mais Carros elétricos