Topo

Coluna

Caçador de Carros


Avaliação: Range Rover 1974 abriu estrada para SUVs de luxo; assista

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho é administrador de empresas, consultor e primeiro "caçador de carros" profissional do país. Seu canal no YouTube dedicado a avaliações de achados automotivos tem mais de 100 mil inscritos. www.youtube.com/CarrosdoPortuga

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

26/03/2019 07h00

Ele surgiu em 1970 como primeiro utilitário esportivo de luxo do mundo. No Brasil, chegou em 1974, com uma unidade amarelo "Bahama Gold", que já trouxe a primeira atualização de estilo. UOL Carros pediu que Felipe Carvalho, o "Caçador de carros", apresentasse essa unidade histórica. Assista ao vídeo com o Range Rover e leia o relato!

Conheço muitos profissionais do ramo automotivo que perderam o "tesão" pelos carros. Quando se trabalha todo dia com a mesma coisa, até mesmo as novidades são vistas como algo comum. Esse desinteresse ainda não me pegou. Com 36 anos de vida, continuo apaixonado por carros, e com a maturidade de ver beleza em qualquer um deles, sem clubismos que muitas vezes cegam e limitam as pessoas.

Entretanto, sempre deixo claro que tenho uma queda maior pelos carros antigos do que pelos novos. É algo que não faz muito sentido, racionalmente, já que os carros novos são indiscutivelmente melhores que os antigos. Mas o que que eu posso fazer se meu coração bate mais forte quando vejo um antiguinho? Vamos ser honestos: o charme desses carros, que muitas vezes são até mais velhos dos que eu, se destaca no trânsito.

Tive essa sensação no final do ano passado, quando participei de um evento em celebração aos 70 anos da Land Rover. Estavam presentes centenas de unidades dessa tradicional marca inglesa. Boa parte, de modelos atuais, fabricados nos últimos 10 anos.

Como são fantásticos esses carros, que conseguem entregar luxo para os ocupantes, sem abrir mão da robustez mecânica que se tornou referência da marca. Estava tudo indo muito bem, até o momento que avistei um legítimo Range Rover 2 portas, 1974, da primeiríssima geração do modelo. Pronto, achei o carro que fez meu coração bater mais forte.

Para a Land Rover, Range Rover inaugurou segmento SUV (veículo utilitário esportivo), em 17 de junho de 1970, dando um salto em relação aos simples "utilitários" de então. Exagero ou não, certo é que o modelo criou o luxo para a categoria - British Motor Industry Heritage Trust/Divulgação
Para a Land Rover, Range Rover inaugurou segmento SUV (veículo utilitário esportivo), em 17 de junho de 1970, dando um salto em relação aos simples "utilitários" de então. Exagero ou não, certo é que o modelo criou o luxo para a categoria
Imagem: British Motor Industry Heritage Trust/Divulgação

O primeiro Range Rover

Meio tímido no meio de tantos SUVs modernos, esse Range Rover de 1970 é o melhor utilitário que o dinheiro poderia comprar nessa época. Sem muitos mimos eletrônicos, algo ainda incomum nos anos 70, mas com um conforto até então impensável. O carro no Brasil é um modelo 1974, já com algumas atualizações em relação ao carro surgido há quatro anos.

Três coisas me chamaram a atenção:

1. Suspensão com molas helicoidais, bem mais confortável para os ocupantes;

2. Motor Rover V8, extremamente forte e suave;

3. Bancos de couro que mais parecem confortáveis pufes.

Se você é, assim como eu, alguém que enlouquece com os clássicos, mesmo que num evento de carros modernos e luxuosos, fica a dica para algo que dificilmente verá em outro lugar.

Gosta de carros clássicos, quer ver mais modelos antigos em vídeo? Deixe sua opinião e também suas sugestões no campo de comentários.

FICHA TÉCNICA

Range Rover 1974
Motor: Rover V8, 3,5 litros, aspirado, gasolina
Potência: 135 cv
Torque: 25,5 kgfm
Câmbio: manual, quatro marchas; tração 4x4 permanente, com reduzida
0-100 km/h: 15,2 s
Velocidade máxima: 153 km/h
Dimensões: 4,47 m de comprimento, 2,54 m de entre-eixos, 190 mm de vão livre