PUBLICIDADE
Topo

Ford Mustang Mach 1: com seus 483 cv, ele gosta mesmo é de estar na pista

José Antonio Leme

do UOL, em São Paulo (SP)

06/09/2021 04h00

Primeiro chegou o Mustang GT, que estreou no Brasil com alarde enorme como rival do Chevrolet Camaro, que já estava aqui há anos. Depois, veio o Mustang Black Shadow, com mesma mecânica, mas acabamento diferenciado e detalhes de fibra de carbono.

Eis que este ano a Ford "subiu o sarrafo" da disputa com o Camaro ao oferecer aqui o Mach 1. O modelo que celebra uma das versões mais cultuadas do Mustang traz alguns "detalhes extras", não só no visual, mas principalmente na mecânica.

O Mach 1 herdou uma série de melhorias de versões mais radicais do cupê, como o Shelby GT 350 e o GT 500, o que garantiu aumento de potência e também um viés esportivo, mais focado no uso em pista do que as versões anteriores.

Isso tem um custo: R$ 523.950. O modelo foi anunciado em abril, quando a marca abriu a pré-venda, por R$ 499 mil. Contudo, com as flutuações do câmbio semana após semana, o modelo já está quase R$ 25 mil mais caro, subindo a R$ 523.950, mas isso não espanta quem quer e pode colocar o esportivo norte-americano na garagem.

Divulgação

Ford Mustang Mach 1

Carros
3,4 /5
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

Pontos Positivos

  • Estilo
  • Motor
  • Dinâmica

Pontos Negativos

  • Preço

Veredito

O Mach 1 é o mais empolgante das três versões do Mustang que a Ford já vendeu até agora no Brasil, sem sobra de dúvida. Mas também é o que menos vai agradar quem quer um carro para uso cotidiano porque é o tem mais pegada de pista. As melhorias trazem não só números de desempenho maiores em relação a outros Mustangs vendidos aqui, mas também fazem do Mach 1 um carro com mais pedigree, já que se aproveitou de componentes testados e aprovados em configurações mais radicais, que produziram uma melhoria significativa no muscle car.

DESIGN E ESPAÇO INTERNO

Mustang Mach 1 frente - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Em termos de design, o Mach 1 tem seu valor e suas características, apesar de manter as linhas que já conhecemos das demais versões do Mustang.

Seu principal destaque está na grade do motor, que tem dois nichos redondos. Isso é uma reedição do visual do Mach 1 original, que trazia faróis auxiliares extras dentro da grade.

Infelizmente, a Ford perdeu a oportunidade de reeditar esses faróis extras usando LEDs. De longe, fica legal a proposta e para quem conhece o carro original consegue reconhecer, mas de perto, parece que faltou algo melhor para ocupar aquela área ou mais esforço do design para deixá-lo mais próximo do original.

Além desse detalhe na grade, o Mach 1 tem novos para-choque dianteiro e rodas de 19 polegadas com medidas diferentes para a dianteira e a traseira. Completa o visual externo a faixa esportiva preta que corre o carro do capô ao porta-malas.

Dependendo da cor escolhida para a carroceria (são oito opções de cores), a faixa preta é acompanhada de outra, mais fina, na cor laranja ou branca.

Mustang Mach 1 bancos - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Por dentro, o design do Mach 1 original ressurge na mesma padronagem do revestimento de couro nos bancos. No painel está a plaqueta com o nome "Mach 1" e o número de chassi daquela série especial. Por fim, há as soleiras iluminadas que acompanham a cor que estiver ativada para o interior do carro - são oito disponíveis.

Em termos de espaço, não há muito o que falar ou esperar de um carro cuja vocação é puramente esportiva. Apesar de ser homologado para quatro pessoas, no banco traseiro só conseguem ir com conforto crianças ou adultos que não tenham mais do que 1,50 m.

Na frente há bastante conforto para dois adultos e a posição de guiar é bem confortável e fácil de encontrar. Para os motoristas que querem mais a pegada de pista, o banco pode ser ajustado a altura mínima, onde se vê quase nada do capô.

O acabamento é bom, tem qualidade, mas não é altamente luxuoso conforme o preço sugere. Se não falta nada em termos de equipamentos ou conforto, é preciso lembrar que o Mach 1, apesar do preço, não é um carro tão segmentado assim no seu mercado principal, os EUA.

CONSUMO E DESEMPENHO

Mustang Mach 1 motor - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Sob o capô, o Mach 1 traz o já conhecido e bem popular motor V8 5.0 Coyote. É um motor bem moderno, com construção toda de alumínio, desde o bloco até o cabeçote.

No caso do Mach 1, ele recebeu alguns "presentes" das versões Bullitt e dos Shelby GT 350 e GT 500, que são as versões preparadas do Mustang que carregam o sobrenome de Carroll Shelby desde a primeira geração.

Para chegar aos 483 cv (nas demais versões, eram 466 cv) e 56,7 kgfm, o V8 recebeu melhorias que alteraram até os limites do motor: a potência máxima chegava a 7.000 rpm e agora é entregue a 7.250 rpm, enquanto o torque máximo, anteriormente disponível a 4.600 rpm, vem a 4.900 rpm.

As novidades técnicas incluem as barras anti torção de maior diâmetro, que vieram do Bullitt, deixando o carro ainda mais firme; e a caixa de ar aberta, que melhora a vazão na admissão do muscle car.

Mustang Mach 1 dinâmica lateral direita - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Do Shelby GT 350, o Mach 1 herdou o coletor de admissão de ar, o corpo de borboleta do acelerador e novo sistema de arrefecimento do motor - maior e com mais capacidade.

Do Shelby GT 500 vêm as ponteiras de escape perfuradas nas laterais, o difusor traseiro no para-choque, as novas buchas da suspensão traseira e um radiador para resfriar o diferencial traseiro.

Na prática, o Mach 1 é um carro mais arisco, mesmo no modo normal (não há modo eco) e que definitivamente prefere trabalhar em giros elevados e podendo entregar o melhor que tem em termos de esportividade. Por mais que tenha DNA de carro de rua, o Mach 1 é o mais destinado as pistas ante os três Mustangs vendidos até agora no País.

Mustang Mach 1 soleira da porta - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

A direção é precisa, a suspensão é mais firme e, no modo esportivo, o motorzão grita e faz barulho que não deixa passar despercebido pelas ruas. Para ficar mais discreto, só se o proprietário escolher os modos que "matam" o som do escape ao desativar o sistema de membranas que permite controlar o nível de som, tanto na partida quanto durante o uso.

Já o câmbio automático de dez marchas que ele divide com o Camaro (pois é...) recebeu novo conversor de torque para respostas mais ágeis.

O pacote fica completo com os modos de condução que já conhecemos desde o GT: normal, molhado, esportivo, esportivo+, pista, arrancada (drag) e personalizável. No último você pode escolher a resposta do trem de força, da calibragem da direção e do nível de intervenção do ABS e do ESP (controle de estabilidade).

Os demais fazem a calibragem automaticamente desses parâmetros, além da dureza dos amortecedores, que são controlados por meio de uma carga magnética no óleo, que os deixa mais firmes ou mais macios.

EQUIPAMENTOS

Mustang Mach 1 interior painel lateral - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O Mach 1 é bem equipado, como já era o Black Shadow. O pacote, que é único, sem opcionais, inclui o painel virtual de 12 polegadas que muda conforme o modo de condução.

Há também a central multimídia Sync com conexão a Android Auto e Apple CarPlay e sistema de som premium da grife Bang&Olufsen.

Ele traz, ainda, câmera de ré, assistente de partida em rampa, sensores de pressão individuais nos pneus, além de sensores de chuva e luminosidade que acendem os faróis full-LED automaticamente.

Ele passa a oferecer ainda o Ford Pass. Com um aplicativo no smartphone é possível ter acesso a telemetria do carro (consumo, hodômetro, agendamento de revisão, bloqueio das portas, partida remota para ligar o ar-condicionado, além de alerta de acionamento do alarme e localização do veículo.

MANUTENÇÃO E SEGURANÇA

Mustang Mach 1 câmbio - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Como dizia o slogan de uma marca de pneus, "potência não é nada sem controle". Por isso o Mach 1 traz o pacote de assistência ativa e passiva de segurança completo.

Isso inclui frenagem autônoma de emergência com alerta de colisão frontal e detecção de pedestres, farol alto automático, controle de velocidade adaptativo (ACC), leitor de faixa de rodagem com correção no volante.

Por fim, traz oito airbags (os extras são de joelho para motorista e passageiro), controles de tração, de estabilidade e o assistente de partida em rampa.

MERCADO

Mustang Mach 1 traseira na pista - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O Mustang Mach 1 tem, tecnicamente, apenas o Camaro SS como rival - mas isso está ficando cada vez mais distante. A potência aumentou, a dirigibilidade é mais acerta e o carro, com a estratégia de atender a mercados globais, tenta até entrar na seara de disputar espaço com esportivos europeus, que historicamente, são melhores que os americanos.

O custo-benefício de potência por cada real pago já não é o mesmo de outrora, mas ainda assim, o Mach 1 tem uma bela oferta perto do preço de outros carros por seus quase 500 cv.

Mecânica
  • Motorização

  • 5.0, V8, 32V

  • Combustível

  • Gasolina

  • Potência (cv)

  • 483 a 7.250

  • Torque (kgf.m)

  • 56,7 a 4.900

  • Aceleração de 0 a 100 (segundos) (km/h)

  • 4,3

  • Velocidade máxima (km/h)

  • 250

  • Câmbio

  • Automático, 10 marchas

  • Tração

  • Traseira

  • Direção

  • Elétrica

  • Suspensão Dianteira

  • Independente, McPherson

  • Suspensão Traseira

  • Independente, multilink

  • Freios Dianteiros

  • Discos, ventilados

  • Freios Traseiros

  • Discos, ventilados

Pneus e Rodas
  • Pneus

  • 255/40 R19 (dianteira) / 275/40 R19 (traseira)

  • Rodas

  • R 19

Dimensões
  • Altura (mm)

  • 1379

  • Comprimento (mm)

  • 4788

  • Entre-eixos (mm)

  • 2720

  • Largura (mm)

  • 1915

  • Ocupantes

  • 4

  • Peso (kg)

  • 1783

  • Porta-malas (L)

  • 382

  • Tanque (L)

  • 60

Preço das Revisões, Seguro e Garantia
  • 10.000 km

  • R$ 1.299

  • 20.000 km

  • R$ 1.299

  • 30.000 km

  • R$ 2.349

  • 40.000 km

  • R$ 1.399

  • 50.000 km

  • R$ 1.399

  • 60.000 km

  • R$ 3.459

  • Garantia

  • 3 anos

Equipamentos
  • Airbags Motorista

  • Airbags Passageiro

  • Airbags Laterais

  • Airbags do tipo Cortina

  • Airbags para joelho do motorista

  • Controle de Estabilidade

  • Controle de Tração

  • Freios ABS

  • Distribuição Eletrônica de Frenagem

  • Ar-Condicionado

  • Travas Elétricas

  • Ar Quente

  • Piloto Automático

  • Volante com Regulagem de Altura

  • Vidros Elétricos Dianteiros

  • Central Multimídia

  • Rádio FM/AM

  • Entrada USB

  • Banco de Couro

  • Banco do motorista com ajuste de altura

  • Bancos com ajustes elétricos

  • Desembaçador Traseiro

  • Computador de Bordo

  • Acendimento automático dos faróis

  • Faróis de neblina

  • Frenagem autônoma de emergência

  • Alerta de permanência em faixa

  • Sensor de pressão dos pneus

  • Sensor de pontos cegos

  • Alerta de colisão

  • Faróis com regulagem de altura

  • Bloqueio do diferencial