PUBLICIDADE
Topo

Fiat Toro Ranch: versão diesel ainda vale a pena com novo motor turboflex?

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/11/2021 04h00

O grande apelo das versões a diesel da Fiat Toro sempre esteve na entrega que esse motor proporcionava, especialmente se comparado ao que era oferecido nas outras opções, o 1.8 e o 2.4 flexíveis.

Agora, com o novo motor 1.3 turboflex, o diesel ainda continua valendo a pena? Para tentar responder essa pergunta, a Fiat apostou também na diferenciação visual das versões mais completas.

Por R$ 198.890, a Toro Ranch traz um apelo visual distinto para tentar justificar seu preço e posicionamento já atingindo preço das versões de entradas de picapes médias. O UOL Carros teve a oportunidade de avaliar o modelo e conta se faz sentido trocar o diesel pelo flex no posto.

Fiat Toro Ranch 2.0

Preço

R$ 198.890
Carros
3,0 /5
USUÁRIOS
2,4 /5
ENTENDA AS NOTAS DA REDAÇÃO

Pontos Positivos

  • Equipamentos

Pontos Negativos

  • Preço

Veredito

A picape Ranch tem um público muito específico que quer manter o visual do fora de estrada, aquela coisa de carro que vai para a fazenda. Em termos práticos, o dinheiro extra da Ultra faz mais sentido e o visual mais esportivo, sem cromados, tem um apelo mais jovem e mais urbano - apesar de o pacote da Ranch ser bom e completo.

Toro Ranch - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Design e espaço interno

A Toro Ranch, de todas as versões disponíveis da picape, é a que mais apela ao estilo das "irmãs" da marca Ram. A pegada americana fica evidente pelo excesso de cromados por fora, mas ao mesmo tempo a linha interior segue o encontrado nas picapes americanas.

Isso significa, em termos práticos, um certo exagero visual por fora. A grade com design diferenciado nas versões Ranch e Ultra, mas acabamento cromado na primeira, deixa "gritante" a dianteira em meio ao trânsito.

Por dentro, o acabamento é adequado e o couro marrom com o nome da versão estampado nos encostos melhora a sensação de refinamento que o novo desenho interno proporciona, apesar do excesso de plástico.

O espaço continua bom para quatro adultos, o quinto ocupante sofre com o túnel central. Por outro lado, a ergonomia da nova Toro é exemplar ao oferecer muitos porta-objetos e também melhora na distribuição dos componentes pelo painel.

Fiat Toro Ranch - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Consumo e desempenho

Sob o capô, o já conhecido motor 2.0 turbodiesel de 170 cv e 35,7 mkgf. Esse motor ganhou outra nomenclatura: TD350, que representa o torque na medida Newton-Metro (NM).

Ele vem associado ao câmbio automático de nove velocidades, que é um casamento bastante feliz desde o início da existência da Toro, e com sistema de tração nas quatro rodas sob demanda, com função 4x4 reduzida e bloqueio.

A suspensão da Toro foi recalibrada, o que fez muito bem a picape no uso no asfalto, onde a carroceria balançava demais nas curvas. Agora o modelo está mais estável e gostoso de guiar em longas viagens, por exemplo.

O que continua deficitário é a resposta da direção. Na versão turboflex, o modelo oferece a função Sport que endurece a direção, deixando o carro mais "na mão", entregando uma resposta mais precisa.

Já a versão Ranch, a diesel, não traz essa opção e a direção é mais focada no conforto. No geral, isso até agradará a maioria dos clientes desse produto.

A resposta do diesel não é tão rápida quanto do motor a gasolina, mas por outro lado o torque é amplo e quase 10 mkgf maior, o que, com carro carregado, faz toda a diferença e mostra o melhor lado de usar o diesel.

Com um novo e bom motor flex, muita gente pode pensar que correr atrás das versões a diesel, que são invariavelmente mais caras (UOL Carros já explicou os motivos aqui), não faz sentido. Mas, dependendo do uso e aplicação, pode ser sim.

Em tempos de gasolina e etanol com preço nas alturas, é preciso lembrar que apesar de o valor do diesel também ter sofrido com aumentos, ele ainda é mais em conta e oferece melhor relação de km por litro.

De acordo com os dados divulgados pela própria Fiat, que constam também no Inmetro (Conpet Veicular), a Toro Ranch tem média de 10 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada. Na outra ponta, o motor flex entrega, com gasolina, que tem melhor autonomia, apesar de menos potência que o etanol, consumo de 9,4 km/l na cidade e 10,8 km/l na estrada.

Na vida real, UOL Carros conseguiu médias melhores que as declaradas pela Fiat, chegando a 13,5 km/l. Isso, claro, depende do modo de conduzir de cada um.

Fiat Toro Ranch - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Equipamentos

Um dos grandes destaques da versão a diesel em termos de equipamentos é a central multimídia de 10,1" com tela vertical, tal qual as "irmãs" da linha Ram, como a 1500 Rebel.

Ela tem também a grade diferenciada, espelhos retrovisores cromados, santantônio e estribos cromados, para-barro, revestimento de couro marrom nos bancos e aplique que simula madeira no painel, capota marítima e faróis de neblina.

Há ainda o painel de instrumentos virtual com tela de 7" que tem diferentes telas, protetor de cárter, leitor de pressão nos pneus, duas entradas USB na frente, (tipo A e tipo C), uma terceira entrada tipo A, para carregar dispositivos no banco traseiro.

O pacote traz ainda carregador de celular por indução, sensores de luminosidade, chuva e de obstáculos na frente e atrás, retrovisor eletrocrômico interno, chave presencial com partida por botão e navegação GPS integrada e câmera de ré.

Por fim, ela conta com faróis e lanternas Full-LEDs, ar-condicionado de duas zonas de climatização e o sistema Connect Me, que permite oferecer Wi-Fi integrado para até oito dispositivos dentro do carro, além das funções de conciérge e segurança, como rastreamento e limitação de movimento.

Fiat Toro Ranch - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Manutenção e segurança

Em termos de segurança, o pacote é bem completo. A Toro Ranch traz sete airbags, controle de tração e estabilidade calibrado para o uso no fora de estrada e controle eletrônico de descida.

Há o pacote de segurança ADAS que oferece frenagem autônoma de emergência com alerta sonoro e visual, farol alto automático e leitor de faixa de rodagem.

Fiat Toro Ranch - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Mercado

A Ranch é a versão mais completa da gama. A única diferença em termos de equipamentos para a Ultra é a capota rígida. O pacote é bom, bem completo e recheado.

Ela tem a resposta para quem quer uma picape mais prática para o dia a dia, mas com o mesmo estilo do campo que as Toyota Hilux, Ford Ranger e Chevrolet S10, por exemplo.

Mas para quem está focado no diesel por causa do trabalho, há versões mais interessantes e com preço justo de custo-benefício para botar peso e exigir.

Fiat Toro Ranch - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Mecânica
  • Motorização

  • 2.0, 4 cil., 16V, turbo

  • Combustível

  • Diesel

  • Potência (cv)

  • 170 a 3.750 rpm

  • Torque (kgf.m)

  • 35,7 a 1.750 rpm

  • Aceleração de 0 a 100 (segundos) (km/h)

  • 12,4

  • Velocidade máxima (km/h)

  • 189

  • Consumo cidade (km/l)

  • 10

  • Consumo estrada (km/l)

  • 12,5

  • Câmbio

  • Automático, 9 marchas

  • Tração

  • 4x4 sob demanda

  • Direção

  • Elétrica

  • Suspensão Dianteira

  • Independente, McPherson

  • Suspensão Traseira

  • Independente, Multilink

  • Freios Dianteiros

  • Discos ventilados 305 mm

  • Freios Traseiros

  • Tambor, 295 mm

Pneus e Rodas
  • Pneus

  • 225/60 R18

  • Rodas

  • 6,5? x 18?

Dimensões
  • Altura (mm)

  • 1.734

  • Comprimento (mm)

  • 4.945

  • Entre-eixos (mm)

  • 2.990

  • Largura (mm)

  • 1.845

  • Ocupantes

  • 5

  • Peso (kg)

  • 1.918

  • Porta-malas (L)

  • 1000

  • Tanque (L)

  • 60

Preço das Revisões, Seguro e Garantia
  • 10.000 km

  • R$ 768

  • 20.000 km

  • R$ 1.204

  • 30.000 km

  • R$ 1.460

  • 40.000 km

  • R$ 2.008

  • 50.000 km

  • R$ 1.056

  • 60.000 km

  • R$ 1.476

  • Garantia

  • 3 anos

Equipamentos
  • Airbags Passageiro

  • Airbags Laterais

  • Airbags do tipo Cortina

  • Airbags para joelho do motorista

  • Controle de Estabilidade

  • Controle de Tração

  • Freios ABS

  • Distribuição Eletrônica de Frenagem

  • Ar-Condicionado

  • Travas Elétricas

  • Ar Quente

  • Piloto Automático

  • Volante com Regulagem de Altura

  • Vidros Elétricos Dianteiros

  • Vidros Elétricos Traseiros

  • Central Multimídia

  • Rádio FM/AM

  • Entrada USB

  • Entrada Auxiliar

  • Banco de Couro

  • Banco do motorista com ajuste de altura

  • Bancos com ajustes elétricos

  • Desembaçador Traseiro

  • Teto Solar

  • Computador de Bordo

  • Acendimento automático dos faróis

  • Faróis de neblina

  • Frenagem autônoma de emergência

  • Alerta de permanência em faixa

  • Sensor de pressão dos pneus

  • Alerta de colisão

  • Abertura elétrica do porta-malas

  • Faróis com regulagem de altura

  • Bloqueio do diferencial