Retorno da Porto da Pedra à elite do Carnaval tem atropelamento e lentidão

O primeiro desfile da Porto da Pedra no Grupo Especial do Rio de Janeiro desde 2012 foi marcado por problemas: uma mulher foi atropelada por um carro alegórico e uma falha técnica causou um buraco na avenida.

O que aconteceu

Durante o desfile, uma mulher foi atropelada por um dos carros alegóricos. Segundo informação da Globo, ela sofreu escoriações, sendo atendida no posto de saúde da Apoteose. A mulher já foi liberada. Relatos à Quem disseram que a mulher parecia estar em choque.

Além disso, o último carro da escola apresentou problemas de locomoção. A alegoria, que representava um teatro de marionetes, entrou na avenida com lentidão e precisou acelerar ao longo do desfile para cumprir o tempo. O atraso causou um buraco considerável na avenida:

Atraso no último carro alegórico da Porto da Pedra causou buraco na avenida
Atraso no último carro alegórico da Porto da Pedra causou buraco na avenida Imagem: Lucas Landau/UOL

Desfile exaltou sabedoria popular

O enredo "Lunário Perpétuo: A Profética do Saber Popular" é inspirado no almanaque escrito em 1594 por Jerônimo Cortés. A obra, escrita na Europa, reúne sabedorias populares sobre temas como a natureza, a medicina e a agricultura.

O samba conta como a sabedoria popular guiou o povo do Nordeste. "O sertão profetizou, cada flor do Cariri, a ciência desse povo, eu não guardo só pra mim", diz um dos versos.

Continua após a publicidade

Esse é o retorno da escola ao Grupo Especial após doze anos. Fundada em abril de 1978, a escola é representada pelas cores vermelho e branco e foi rebaixada em 2012.

Tati Minerato é a Rainha de Bateria. Valesca Popozuda, Erika Schneider e Giovana Cordeiro também desfilam pela escola. Os Diretores de Carnaval são Aluízio Mendonça e Fabrício Montibelo. Wantuir é o intérprete, Mestre Pablo lidera a bateria e Rodrigo França e Denadir Garcia são Mestre-Sala e Porta-Bandeira, respectivamente.

Desfile da Porto da Pedra na primeira noite de carnaval no sambódromo da Marquês de Sapucaí
Desfile da Porto da Pedra na primeira noite de carnaval no sambódromo da Marquês de Sapucaí Imagem: Zô Guimarães/UOL

Quando eu recebi esse convite, me falaram para ir no carro e eu disse não. Vou no chão! Sambar, me jogar, engatinhar, fazer o que for. Valesca Popozuda antes de entrar na Sapucaí

No abre-alas, uma dançarina foi içada pelos cabelos para criar uma ilusão de levitação. No carro, a escola também representou o tigre que é seu símbolo.

Dançarina içada pelos cabelos no abre-alas da Porto da Pedra no Carnaval 2024
Dançarina içada pelos cabelos no abre-alas da Porto da Pedra no Carnaval 2024 Imagem: Lucas Landau/UOL
Continua após a publicidade

Qual nota você dá para o desfile da Porto da Pedra?

519 votos

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes