PUBLICIDADE

Topo

Pati e Vitor criaram santuário: "Com animais, a gente nunca se decepciona"

De VivaBem, em São Paulo

14/08/2020 04h00

O casal Patrícia Andrade Varela Favano e Vitor Favano vive no Santuário Vale da Rainha, em Camanducaia (MG), com mais de 100 animais —búfalos, cavalos e cachorros que vivem em harmonia. É sobre eles o último episódio da série Amor de Bicho.

"Há 10 anos, a gente veio para plantar orgânicos e dar aula de ioga", relembra Vitor.

Segundo Patrícia, Mestre Irineu, um cavalo, é o "líder da tropa", e já estava na fazenda antes de o casal chegar. Já Vendaval, outro cavalo, foi o primeiro animal do santuário.

"A gente idealizou que esse espaço seria para beneficiar todos esses seres, e então surge o conceito de mestres animais no meu coração", explica Patrícia.

Shiva, por exemplo, é uma vaca que veio resgatada da pecuária de corte. Mestre Nassim, um boi, desenvolveu uma sequela neurológica e não anda direito. "Esses resgates acontecem por abandono, quando o tratamento daquele ser é mais caro do que o lucro que ele oferece", conta a mulher.

O amor prevalece dentro do santuário, o casal explica que eles sempre oferecem inicialmente uma parte do corpo —a mão ou o pé, por exemplo— para que o animal sinta o cheiro e se acostume ao toque humano, e depois a relação evolui naturalmente: "Nós não estamos acostumados com demonstrações explícitas de amor de seres de uma tonelada", brinca Patrícia.

Amor de Bicho foi coproduzida por MOV com Duplamente Filmes e Solavanco Produções.