Sonolência, mudanças na pele: aprenda a identificar sinais de desidratação

O médico cardiologista Bruno Soares fez um alerta durante o UOL News sobre os cuidados que devem ser adotados durante os dias de altas temperaturas registrados nas regiões Sudeste e Centro-Oeste.

O primeiro alerta é que nós devemos nos manter bem hidratados. Não é para esperar ter sede para beber água, então ingerir pelo menos dois litro e meio, três litros de água, é essencial. E quando a gente fala de calor, se a gente conseguir evitar o sol, a exposição a ambientes mais quentes, principalmente no horário de pico, entre as 10h e 16h, é muito importante. É importante que saibamos reconhecer sinais de alerta, sinais que indiquem a necessidade de busca de orientação médica, de atendimento hospitalar.

O nosso corpo funciona sobre um regime muito estrito de controle de temperatura, explica o especialista. Por isso, Soares reforça a importância de manter a temperatura do corpo bem controlada para que haja um equilíbrio adequado de líquido e eletrólito no organismo.

Esse calor passando a sensação térmica de 58 graus hoje pela manhã no Rio de Janeiro, certamente, impacta na nossa saúde. Alteração do estado mental, como sonolência e estresse excessivo, pele muito quente, desidratada, seca, indicam que a temperatura corporal está desregulada e a necessidade de busca de atendimento hospitalar. Além disso, tem condições mais graves na insolação, que é quando nosso organismo perde a capacidade de regular a temperatura e isso pode gerar crises convulsivas.

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: de segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja a íntegra do programa:

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes