PUBLICIDADE

Topo

Conexão VivaBem

Dicas para ajudar a cuidar do corpo, da mente e da alimentação de forma descomplicada


Médico do esporte lista 4 loucuras que as pessoas fazem para emagrecer

Colaboração para VivaBem

05/01/2022 15h00

2022 mal começou e nessa época já tem muita gente querendo emagrecer. Nessa vontade de começar o ano cumprindo a meta nº1 da lista de resoluções tem gente que exagera na atividade física e acaba não seguindo com o plano.

Em participação no quinto episódio da segunda temporada do Conexão VivaBem, atração que faz parte da programação do UOL no Verão, Guilherme Dilda, médico esportivo da clínica Care Club, em São Paulo, e do Palmeiras, conversou com a apresentadora Mariana Ferrão e listou 4 loucuras que as pessoas fazem para perder peso:

1) Tirar o atraso do treino

Na tentativa de tirar o atraso do treino, muita gente acaba treinando em um dia o treino da semana inteira. Se não estiver adaptada, a pessoa pode se machucar e não se sentir bem.

2) Fazer muito exercício para uma parte específica do corpo

Sabe aquela história de 'vou fazer 1.000 abdominais para ficar com o abdome sarado para o Carnaval?', então, segundo Dilda, fazer esses exercícios em excesso para uma parte específica do corpo não funciona assim. Existe todo um processo que envolve planejamento, atividade física regular e alimentação equilibrada.

3) Malhar de roupa escura ou enrolado em plástico para emagrecer

A roupa escura ou o uso do plástico durante a atividade física dificultam a perda de calor pelo corpo. A pessoa esquenta mais o corpo, a temperatura corporal sobe e ela perde mais água e transpira mais.

De acordo com o médico do esporte, se formos pensar em termos absolutos, na balança o peso realmente pode cair um pouco. O grande problema é que o peso que cai é água, é suor, a pessoa desidrata. Quando ela for tomar água e se hidratar novamente, voltará a ganhar aquele peso. Não é uma medida eficaz para perder peso de uma forma saudável e consistente.

Aumentar a temperatura corporal pode levar a algo que a gente chama tecnicamente de hipertermia, explica o médico do esporte. "Isso pode colocar o corpo em risco, a pessoa pode até perder a consciência, desmaiar. É algo que não deve ser feito como uma forma de perder peso", esclarece.

4) Treinar em jejum

De forma geral, a recomendação é consumir uma fonte de carboidrato antes do treino. Em treinos de alta intensidade, o corpo consome mais carboidrato, é uma maneira de aumentar estoques de energia e ter um bom rendimento.

Existem pessoas que gostam de treinar de manhã em jejum. Se a pessoa está adaptada, se ela se sente melhor sem comer, porque fica com o estômago vazio, e acha que o rendimento vai ser melhor, não tem problema. Mas é importante esclarecer que a pessoa não vai emagrecer mais por conta disso.

Em termos relativos, ocorre um aumento no gasto de gordura durante o treino, mas em valores absolutos isso é insignificante. Para o especialista, treinar em jejum como forma de emagrecer não é a melhor estratégia, mas se a pessoa se sente bem fazendo isso, tudo bem.

Toda semana, convidados especiais e especialistas vão conversar com a Mari sobre saúde, alimentação e equilíbrio mental de um jeito leve e divertido. Fique ligado em VivaBem e em nossas redes sociais para acompanhar toda a programação.

UOL no Verão 2022

Conexão VivaBem faz parte do UOL no Verão 2022, que até o fim de janeiro vai trazer uma série especial de programas em vídeo, exibidos no Canal UOL. E nos dias 8, 9, 15 e 16 de janeiro, o evento terá uma arena na cidade de São Paulo repleta de atrações esportivas, musicais, espaço kids e uma praça de alimentação.

Fique de olho em uol.com.br/uolnoverao/ e em nossas redes sociais para acompanhar toda a nossa programação até o fim de janeiro!