PUBLICIDADE

Topo

Como Consegui

Histórias de quem mudou hábitos em busca de mais saúde


Ele perdeu 29 kg cortando maus hábitos: 'Quero poder brincar com meu filho'

Saulo Amorim, 39 anos, perdeu 29 quilos focando em mudança de hábitos e exercícios físicos durante a pandemia - Arquivo pessoal
Saulo Amorim, 39 anos, perdeu 29 quilos focando em mudança de hábitos e exercícios físicos durante a pandemia Imagem: Arquivo pessoal

Roseane Santos

Colaboração para VivaBem

02/12/2021 04h00

O professor e advogado Saulo Amorim, 39 anos, encontrou forças na paternidade para mudar seu estilo de vida e se tornar uma pessoa mais saudável. Com exames alterados, sedentário e com maus hábitos alimentares, Saulo conseguiu eliminar 29 dos então 94 quilos, recuperar a autoestima e o ânimo para brincar com seu filho. Confira o depoimento:

"A minha questão com a alimentação sempre esteve ligada aos sentimentos de ansiedade, angústia e tristeza. Só que eu não tinha consciência disso. Casei com meu primeiro namorado e, quando o relacionamento começou a ter problemas, meus hábitos alimentares pioraram. E aí, toda vez que tinha um aborrecimento ou frustação, eu descontava na comida, principalmente ao consumir massas e pães em grandes quantidades. Era um alívio para mim. Eu gostava muito de fast food também.

saulo como emagreci - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Saulo Amorin chegou a pesar 94 quilos
Imagem: Arquivo pessoal

Nessa mesma época, também comecei a trabalhar demais, me afundava no serviço. É claro que isso não ajudou a situação: na verdade, só piorou. Passava horas sem comer e, quando finalmente colocava algo na boca, exagerava na quantidade e com alimentos com baixa qualidade nutricional. Meus horários também eram descontrolados e vivia uma vida totalmente sedentária.

O processo de mudança começou em 2013, quando eu atingi o auge do meu peso: 94 kg dentro de 1,67 m de altura. Nessa época, eu já sentia os efeitos disso, como dores nas costas e na cabeça. Decidi marcar uma consulta no médico e, após exames, vimos que minhas taxas estavam totalmente descontroladas.

Mas eu tinha a ilusão de que, por ser jovem, tudo se resolveria de maneira simples: bastava cortar algumas coisas da alimentação e pronto. Até consegui restringir alguns alimentos da dieta, mas não tinha muita força nem disciplina para mudar. Perdi pouco peso, acho que uns quatro quilos, mais ou menos.

Paternidade e mudança de hábitos

A transformação verdadeira veio quando eu e meu ex-marido decidimos ser pais, um grande sonho meu, e entramos com o processo de adoção. Eu já estava trabalhando para emagrecer, mas só comecei a fazer isso da forma correta e com mais disciplina quando se aproximava o momento da chegada do nosso filho.

Refleti naquele momento e percebi que, mais do que cuidar de mim para e por mim, eu teria outra pessoa em minha vida que contaria comigo. Naquela época, pensei que queria ter forças e saúde para brincar com ele.

saulo como emagreci 2 - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Saulo encontrou forças para adquirir hábitos mais saudáveis com a paternidade
Imagem: Arquivo pessoal

Teodoro chegou quando eu tinha 34 anos. A convivência com ele me fez focar ainda mais no objetivo de ter uma vida saudável, principalmente para dar um bom exemplo para ele. Do momento em que descobri as taxas descontroladas em meus exames até os dias de hoje, já se foram 29 quilos.

Dieta e atividades físicas

Comecei a mudança pela alimentação. Procurei uma nutricionista e tivemos uma conversa bem sincera. Ela não cortou nada da minha rotina, apenas estudamos maneiras de abandonar antigos hábitos ruins e adquirir novos e melhores. Eu poderia comer de tudo, mas precisava refletir e saber quando, como e, principalmente, quanto. Como eu nunca tive dificuldades em comer saladas e legumes, só precisei aprender a fazer novas combinações. Passei a escolher molhos menos calóricos, por exemplo, e a beber muita água, além de incluir mais fibras no cardápio.

saulo como emagreci 3 - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Saulo passou a fazer treinos para ganhar massa durante a pandemia
Imagem: Arquivo pessoal

Atualmente, o plano alimentar inclui apenas três refeições por dia pois aderi ao jejum intermitente. Consumo menos massas e, quando o faço, tento optar pelas versões integrais. Reduzi frituras, a quantidade de açúcar em casa (praticamente não entra mais). Me permito beber de forma moderada em eventos sociais (já que nunca fui fã de bebidas alcoólicas) e até refrigerantes zero, mas apenas nesses momentos.

Por fim, faltava resolver a questão do sedentarismo. Não frequentava academia e vi que poderia começar com pequenas mudanças no dia a dia. Comecei fazendo caminhadas, subindo escadas ao invés de pegar o elevador, andar e não ir de ônibus aos compromissos, e me matriculei na natação.

A grande virada, no entanto, aconteceu em 2020, durante a pandemia, quando me sozinho em casa e decidi focar nos exercícios para ganho de massa muscular, que atualmente pratico todos os dias.

Hoje, me sinto muito bem com os meus 65 quilos, dando um bom exemplo para o meu filho e ensinando todos os dias sobre como é importante para a saúde manter uma alimentação equilibrada e exercícios físicos dentro da nossa rotina."