PUBLICIDADE

Topo

VivaBem

Com novas regras, MG passa a liberar grandes eventos em agosto

Lotação dos eventos dependerá do estágio que município se encontra no programa Minas Consciente  - MARIO ANZUONI
Lotação dos eventos dependerá do estágio que município se encontra no programa Minas Consciente Imagem: MARIO ANZUONI

Colaboração para o UOL

15/07/2021 16h35

O governo de Minas Gerais divulgou novas regras para a realização de grandes eventos em cidades mineiras. As recomendações passam a valer no dia 15 de agosto e preveem distanciamento mínimo de 1,5 metros entre o público, definem medidas sanitárias e revisam a capacidade máxima de lotação dos espaços.

A decisão do Comitê Extraordinário Covid-19 foi possível por conta da melhora nos indicadores de covid-19 no estado, e pela chegada de vacinas de "forma consistente". As mudanças nos protocolos do programa Minas Consciente beneficiam os setores de Eventos e Turismo.

"Fizemos uma ampla discussão e a equipe técnica buscou exemplos em outros países que já passaram por uma fase de vacinação semelhante à nossa (50% com primeira dose e segunda dose crescendo, chegando próximo de 15%) para definir as regras", explicou o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti.

Além do distanciamento padrão de 1,5 metros entre as pessoas, a quantidade máxima de público também foi alterada. Nesse caso, as lotações dependem de regras específicas, a depender da Onda - Vermelha, Amarela ou Verde -, que o município se encontra. Também será levado em consideração o tipo de evento, seja cultural, esportivo, comercial, religioso, social ou político, e do tempo de realização pré-determinado.

Confira as regras mínimas:

  • Entrada do evento: aferição de temperatura, controle no fluxo de acesso e acesso com hora marcada;
  • Distanciamento de 1,5 metros: a ser aplicado em filas, entre cadeiras/assentos e também no cálculo da capacidade;
  • Apresentação de documento de imunização presumida: cartão de vacinação que comprove imunização completa superior ou igual a 15 dias, ou PCR negativo, ou laudo médico com positividade para covid-19 (entre 15 e 90 dias).

Confira as regras por Onda:

  • Onda Vermelha:

- Lotação máxima de 50 pessoas ou 10% da capacidade em ambientes fechados; 30% da capacidade em ambientes ao ar livre;
- Duração máxima de 5 horas;
- Horário permitido: entre 8h e 21h.

  • Onda Amarela

- Lotação máxima de 300 pessoas ou 30% da capacidade em ambientes fechados; 600 pessoas ou 50% da capacidade em ambientes ao ar livre;
- Duração máxima de 6 horas;
- Horário permitido: entre 7h e 23h.

  • Onda Verde

- Lotação máxima de 50% da capacidade em ambientes fechados; sem limite de lotação em ambientes ao ar livre;
- Duração máxima de 12 horas;
- Sem restrição de horário.

Covid em Minas Gerias e programa Minas Consciente

Essa é a fase de "maior controle da pandemia" em Minas desde o início do ano. Com a melhora de indicadores de casos, internações e mortes, 12 das 15 macrorregiões estão nas Ondas mais flexíveis do programa Minas Consciente, de controle e combate à pandemia de covid-19.

Segundo os últimos dados apresentados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), a taxa de incidência, que mede a circulação do vírus, caiu 23% nos últimos 14 dias. Já os casos confirmados de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) provocada por covid-19, chegou a 58% na última semana, o menor número desde janeiro.

Já a média de solicitações de internação em leitos de UTI teve queda de 30,41%. Atualmente, a ocupação na rede pública mineira é de 61%.

VivaBem