PUBLICIDADE

Topo

Ela secou 52 kg depois de cair com bebê: "Corpo não aguentava próprio peso"

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Roseane Santos

Colaboração para o VivaBem

10/06/2021 04h00

Após duas gestações, Fernanda Maciel, 36, perdeu o controle da balança e chegou a 130 kg. O excesso de peso começou a gerar problemas na coluna e de mobilidade. Um dia, a cearense perdeu o equilíbrio e levou um tombo na escada com o filho no colo. Ali, percebeu que precisava emagrecer para ter mais saúde, disposição e ver as crianças crescendo. A seguir, ela conta como conseguiu:

"Perdi o controle do meu peso quando engravidei pela primeira vez. Ganhei 30 kg, que depois não consegui eliminar totalmente. Até emagreci um pouquinho para ter a segunda gestação, mas novamente engordei bastante.

Não era regrada com a comida nem conseguia fazer exercícios. Trabalhava muito e ainda tinha que cuidar de duas crianças. Após as gestações, continuei acumulando peso e, quando me dei conta, já estava obesa, pesando 130 kg (tenho 1,68 m).

Como Emagreci - Fernanda - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Um dia, quando meu caçula estava com 6 meses, levei um susto muito grande. Fui subir uma escada com ele no colo e perdi o equilíbrio, nós dois sofremos uma queda. Senti uma dor enorme na coluna, tive muita dificuldade para levantar, fiquei nervosa e preocupada com o bebê (ele não se machucou).

Isso serviu de alerta: percebi que para cuidar das crianças precisava estar bem fisicamente. Queria ver meus filhos crescendo e precisava olhar mais para a saúde.

Procurei um médico e ele foi taxativo. Eu precisava emagrecer para não sofrer com doenças como diabetes e pressão alta, me livrar dos problemas na coluna, ter disposição e boa mobilidade. Por causa do excesso de peso, estava com o nervo ciático inflamado. Com tantos quilos extras, meu corpo não aguentava mais o próprio peso.

Além da questão física, minha autoestima era baixa e tenho que admitir que não me sentia feliz. Cheguei a cortar as fotos que mostravam que eu estava totalmente descontrolada com o meu peso. Precisava mudar por mim e pelos meus filhos.

Como Emagreci - FernandaComo Emagreci - Fernanda - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Pesquisei sobre algumas dietas e descobri a Whole 30, que tem como princípio cortar por 30 dias açúcar, álcool e alimentos industrializados. Vi que a dieta era muito criticada, especialmente por ser bastante restritiva, mas resolvi experimentar fazendo algumas adaptações.

Todo mundo sabe, por exemplo, que o excesso de açúcar faz mal à saúde e limitar seu consumo é importante para quem quer emagrecer. Mas na Whole 30 não precisei eliminar todo o carboidrato do cardápio, eu comia fontes naturais do nutriente, como batata-doce. Meu prato era rico em legumes (brócolis, abobrinha, vagem, cenoura, couve etc.) e em proteínas (carne, ovo, frango, peixe).

Após os 30 dias, segui com essa alimentação saudável. Aos poucos, fui descobrindo algumas coisas sobre o meu próprio organismo. Eu não sabia, por exemplo, que era intolerante ao glúten. Quando tirei a farinha de trigo da minha alimentação, meu intestino passou a funcionar bem melhor.

Aprendi algumas receitas e passei a substituir a farinha de trigo pela de amêndoas e de castanhas. Fiz algumas experiências com bolos, pães e fui me apaixonando pela culinária. Também comecei a pesquisar mais sobre os alimentos, os benefícios que cada um trazia para o corpo. Estudava direito e decidi largar o curso para fazer faculdade de gastronomia —que ainda estou cursando e hoje vejo que acertei na escolha.

Como Emagreci - Fernanda - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal

Além da mudança na alimentação, comecei a fazer exercícios. Entrei em uma academia e caprichava na musculação.

Procurava treinar o maior número de dias possível, mesmo trabalhando muito e com duas crianças pequenas precisando da minha atenção. Depois, comecei a fazer CrossFit. Senti que a modalidade ajudou muito a acelerar o processo de emagrecimento [veja pontos fortes do CrossFit que ajudam a ter bons resultados no treino].

Com a mudança de hábitos, consegui eliminar 52 kg em um ano. Eu me tornei outra pessoa, muito mais disposta. Hoje, procuro manter a alimentação equilibrada e sempre fazer exercícios. Mesmo quando as academias fecharam, por conta da pandemia, busquei formas de continuar ativa, como dançar em casa com meus filhos.

Como já contei, o processo de emagrecimento ainda me abriu portas para um novo rumo profissional. Eu me tornei empreendedora de uma casa de comidas naturais, a Delícias Maciel RJ. Além do cardápio saudável, vendo também alguns produtos para quem está de dieta."

Quer emagrecer? Receba um plano gratuito com treino e dieta em seu email

Você quer mudar hábitos, começar a praticar exercícios, ter uma alimentação mais saudável e emagrecer? O VivaBem preparou uma série de newsletters com um programa de treino e uma dieta para perder peso (neste link tem a caixa para você se cadastrar para recebê-las). Ao assinar a newsletter do #ProjetoVivaBem, você vai receber em seu email, ao longo de 12 semanas, um plano completo e gratuito com exercícios, cardápios e dicas para mudar o estilo de vida, que ajudarão a alcançar o objetivo de eliminar gordura corporal, ganhar músculos e, principalmente, adotar hábitos mais saudáveis. Siga nosso programa e compartilhe seu novo dia a dia mais saudável e seus resultados nas redes sociais com a #ProjetoVivabem.