PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Não é hora de relaxar: relembre 5 medidas para evitar disseminação da covid

Getty Images
Imagem: Getty Images

Luiza Vidal

Do VivaBem, em São Paulo

27/05/2021 04h00

Desde o começo da pandemia do coronavírus, escutamos que devemos evitar aglomerações, manter o isolamento social se possível, usar máscaras e higienizar as mãos. Mesmo com a vacinação em andamento no Brasil, que segue em ritmo lento, os cuidados devem ser mantidos, não é hora de relaxar. Até porque o número de mortos segue em patamares altos e há ainda o surgimento de novas variantes.

"Para conter uma pandemia dessa, precisamos do esforço pessoal, coletivo e governamental", diz Jorge Luiz, médico infectologista e chefe do Serviço de Controle de Infecção HUWC (Hospitalar do Hospital Universitário Walter Cantídio), em Fortaleza (CE), da Rede Ebserh.

"O momento ainda é de reter aglomerações e evitar coisas desnecessárias, como viajar, ir ao shopping e fazer festas. Não é hora. Mesmo com a vacinação, a situação no Brasil ainda é precária. Além do mais, estamos na iminência da terceira onda, haja em vista a nova cepa se dissipando", afirma o especialista.

Pensando nisso, VivaBem fez uma lista para relembrar as principais medidas de segurança para conter a transmissão do vírus.

1. Manter isolamento social se possível

Desde o começo ouvimos a frase "se puder, fique em casa" e isso deve ser mantido. Isso porque a transmissão do coronavírus costuma ocorrer por contato pessoal com secreções contaminadas, via gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, entre outros. É exatamente por isso que fazer isolamento social ajuda no controle da transmissão do vírus.

2. Fazer distanciamento em locais fechados

Mas se o isolamento social não for uma opção para você, é possível reduzir os riscos em locais fechados e com pouca ventilação, como no ambiente de trabalho.

Neste caso, seria importante ter o distanciamento entre as mesas dos funcionários de até 1,5 metro, usar máscara o tempo todo, deixar o lugar ventilado com as janelas abertas, além de realizar a higiene das mãos constantemente.

3. Usar máscaras

Vai sair de casa? Coloque a máscara, mesmo se você já estiver vacinado. A dica de qual tipo usar varia de acordo com a sua atividade. Para locais com aglomeração, pouco distanciamento e de maior risco, como metrô, ônibus, mercados e hospitais, o indicado é optar pelas máscaras PFF2/N95. Ela garante maior proteção contra a covid-19, pois se ajusta melhor ao rosto e tem um poder de filtragem maior que as cirúrgicas.

Outra forma de reforçar a proteção, sem ser com uma PFF2, é usando a combinação: máscara cirúrgica por baixo de uma de pano. Desta forma, boca e nariz ficam bem vedados. Segundo um estudo do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), órgão regulador do sistema de saúde dos EUA, utilizar as duas máscaras pode reduzir em 95% o risco de transmissão da doença.

Caso você vá a locais abertos, como parques e praças, que costumam ter poucas pessoas e são bem arejados, tudo bem usar a máscara comum, de tecido, por exemplo. O importante é que você não deixe de usá-la.

"Seja qual for a máscara, ela precisa cobrir o rosto todo e a pessoa não pode ficar colocando a mão. Em um país com alta transmissão do vírus, precisamos tomar esses cuidados, principalmente quem utiliza transporte público", reforça Raquel Muarrek, infectologista da Rede D'Or (SP).

4. Evitar aglomerações

Ainda não é hora de aglomerar —principalmente em um momento em que o Brasil já ultrapassou mais de 450 mil mortos por covid. Isso é ainda mais importante quando as pessoas são de círculos sociais diferentes, ou seja, não moram na mesma casa. Por isso, evite estabelecimentos cheios, como bares, festas, shoppings, entre outros.

5. Higienizar as mãos

Não esqueça de manter a higiene constante das mãos, com sabão e água ou o próprio álcool em gel, especialmente quando sair de casa e estiver em um local com maior risco de contaminação, como os hospitais. Quando precisar sair, leve um frasco de álcool em gel com você. No vídeo abaixo, veja como você deve limpar suas mãos corretamente:

Vacina sim!

Também não se esqueça de tomar a vacina contra covid-19 —caso você faça dos grupos prioritários. Elas são seguras e reduzem a chance do surgimento de novas mutações, além de fundamentais para controlar a pandemia. Ao se vacinar, você também protege as pessoas ao seu redor.

Saúde