PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

MOV e VivaBem lançam Amor de Bicho, série sobre nós e os animais

Amor de Bicho

Do VivaBem, em São Paulo

18/06/2020 04h00

O Brasil tem 139,3 milhões de animais de estimação, segundo dados atualizados pelo Instituto Pet Brasil com números levantados pelo IBGE. É por isso que a relação de parceria e amor entre nós e os bichos foi o tema escolhido para a nova série de VivaBem, Amor de Bicho, co-produzida por MOV com Duplamente Filmes e Solavanco Produções.

A estreia acontece amanhã (19) e serão 10 episódios contando histórias tanto de animais domésticos, como cães, gatos, coelhos e pequenas aves, quanto os não-domésticos, como cavalos e gansos, que também podem ser nossos parceiros fiéis.

Para se ter uma ideia da importância dessa relação, os cientistas explicam que quando em contato com os bichos, o ser humano ativa o sistema límbico, responsável pelas emoções mais instintivas. Ocorre assim a liberação das endorfinas, gerando a sensação de tranquilidade, bem-estar e melhora da autoestima.

O contato com animais também é muito indicado como terapia complementar no tratamento de distúrbios psiquiátricos como esquizofrenia, desordens de personalidade, ansiedade e depressão. A convivência com cavalos, por exemplo, faz com que as pessoas desenvolvam um carinho grande pelo animal e também se sintam confiantes por conseguirem dominá-los. Para os idosos, é comprovado que ter animais de estimação diminui a incidência de depressão.

Ou seja, ter bicho só faz bem para a saúde. É o que os capítulos de Amor de Bicho vão mostrar na prática.

O primeiro episódio conta a relação de Márcia com Moby e Bebel. Ela sempre foi apaixonada por cães e, graças a essa paixão, conseguiu superar algumas fases dolorosas da vida. A perda do primeiro marido e a solidão que veio com sua ausência foram amenizados pelas cadelas. Prometemos que não vai faltar emoção.

Tem também a história de Roched Seba, idealizador do Instituto Vida Livre, que dedica sua vida a cuidar de animais silvestres, muitas vezes maltratados, e reinseri-los novamente na natureza.

Tem relato bem diferente também: o Guilherme, por exemplo, tem como parceira a Abigail, uma mini pig de 70 quilos e conta que ela tem vocalizações diferentes (sabe aquele óinc, óinc?) para vários momentos: felicidade, chateação, curiosidade e raiva. Ela o ajudou a sair de uma depressão.

Superação, cura, socialização, aceitação, paixão e muito mais é o que vai trazer Amor de Bicho. Fique ligado.

Saúde