Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Poluição pode tirar mais de um ano de vida das pessoas em alguns países

No Brasil, os níveis não foram significativos, mas cientistas alertam a necessidade de controle da poluição - iStock
No Brasil, os níveis não foram significativos, mas cientistas alertam a necessidade de controle da poluição Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

24/08/2018 13h45

A poluição do ar pode diminuir a vida humana em mais de um ano, de acordo com um novo estudo publicado no periódico científico Environmental Science & Technology  Letters.

Na pesquisa, os cientistas analisaram a presença de partículas muito finas de sólidos ou líquidos que ficam suspensos no ar --as maiores fontes dessas substâncias são carros, caminhões, usinas de energia e indústrias. Essas partículas podem penetrar profundamente nos pulmões, e respirá-las está associado ao aumento do risco de ataques cardíacos, derrames, doenças respiratórias e câncer.

Veja também:

A pesquisa cruzou os dados de poluição do ar e tempo de vida a fim de examinar o impacto das variações globais na saúde dos seres humanos.

De início, os cientistas usaram números do Estudo Global de Carga de Doenças para medir a exposição à poluição do ar e suas consequências em 185 países. Com as informações, os pesquisadores quantificaram o impacto nacional na expectativa de vida para cada país e também fizeram uma escala global.

Os resultados mostram que o impacto na expectativa de vida é especialmente grande em países muito poluídos da Ásia, África e Oriente Médio, incluindo Bangladesh (1,87 ano), Egito (1,85 ano), Paquistão (1,56 ano), Índia (1,53 ano), Arábia Saudita (1,48 ano), Nigéria (1,28 ano) e China (1,25 ano). No Brasil, os níveis não foram significativos, mas cientistas alertam para a necessidade de controle da população.

Os resultados mostram que a melhora na condição do ar teria um impacto expressivo. "Em países como Índia e China, o benefício para os idosos de melhorar a qualidade do ar seria especialmente grande. Para grande parte da Ásia, se a poluição do ar fosse removida como um risco de morte, os de 60 anos teriam um percentual de 15% a 20% maior chance de viver até 85 anos de idade ou mais," concluíram os pesquisadores.

"O fato de que a poluição do ar é uma grande assassina global já era conhecido, mas aqui fomos capazes de identificar como a presença de partículas encurta as vidas sistematicamente ao redor do mundo", afirmaram os cientistas.

"Análises mostram que 90 mil americanos e 1,1 milhão de indianos morrem por ano devido à poluição do ar. Dizer que, em média, uma pessoa vive um ano a menos do que viveria sem poluição é algo que todo mundo se relaciona," comentou o líder do estudo, Joshua Apte, da Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Mais Saúde