Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

Bicarbonato de sódio: 8 formas de usá-lo no seu dia a dia

Bicarbonato de sódio - iStock
Bicarbonato de sódio Imagem: iStock

Carol Salles

Colaboração para o VivaBem

15/08/2018 04h00

Todo mundo já ouviu falar nele --pipocam nas redes sociais receitas de como usar o bicarbonato de sódio na higiene pessoal, cozinha e até limpeza da casa, entre outras finalidades. Quimicamente, a substância é um sal, de fórmula NaHCO3, ou seja, composto por um íon sódio (Na+) e um íon bicarbonato (HCO3-). Por conta do seu pH alcalino, é capaz de neutralizar substâncias ácidas --e vem daí muitas das suas aplicações.

Veja também:

Conheça, a seguir, alguns dos usos mais comuns do bicarbonato de sódio:

Bicarbonato de sódio na cozinha

Massas mais aeradas
O truque de usar uma colherinha de bicarbonato de sódio para deixar massas, como bolos e panquecas, mais fofinhas, é muito conhecido --e funciona. Quando aquecido a temperaturas acima de 50°C, o bicarbonato libera dióxido de carbono (CO2), o que deixa o alimento mais aerado. Mas, para que o efeito aconteça, além do calor, é preciso que o sal entre em contato com alguma substância ácida, como suco de limão ou laranja.

Geladeira sem cheiros
Muita gente também conhece o truque de manter um pouco de bicarbonato em um pote aberto dentro da geladeira para acabar com maus odores. Isso acontece porque o pó absorve e neutraliza os cheiros - que são, geralmente, causados por compostos ácidos.

Frutas com menos pesticidas
O pó também funciona para a eliminação parcial de alguns pesticidas em frutas. A conclusão é de um estudo da American Chemical Society. Para o experimento, os cientistas aplicaram dois pesticidas --tiabendazol e fosmete -- em maçãs orgânicas. Depois, elas foram higienizadas com três métodos diferentes: enxágue sob água corrente, imersão em uma solução de água com 1% de bicarbonato de sódio e imersão em uma solução bactericida à base de água sanitária comprada pronta. Depois de 15 minutos, as maçãs lavadas com o bicarbonato tiveram redução de 80% no tiabendazol e 96% no fosmete, o melhor resultado entre os métodos de limpeza usados.

Bicarbonato de sódio para o corpo

Antiácido simples
O mesmo princípio do pH alcalino se aplica aqui. Por causa dessa propriedade, o bicarbonato reage com substâncias ácidas no estômago e consegue neutralizá-las. Ele também é usado em casos de acidose tubular renal, ou seja, o mau funcionamento dos túbulos dos rins. Esta condição de saúde deixa o sangue com níveis muito altos de ácidos e pode levar à formação de cálculos renais, entre outras consequências. Mas é importante lembrar que o bicarbonato não altera as causas que levam ao aumento do ácido e nem é capaz de destruir pedras já existentes. Se consumido em excesso, pode causar complicações, como a alcalose metabólica (quando pH do sangue fica elevado). Também não é recomendado para quem sofre com pressão alta, já que trata-se de um sal. Por isso, a orientação médica é imprescindível.

Dentes mais limpos e claros
Por ser abrasivo, o bicarbonato também é usado nos consultórios dos dentistas para remover placas bacterianas. Aplicado em jato sobre os dentes, sob bastante pressão, suas partículas “quebram” e removem a placa. O uso caseiro, no entanto, não é recomendado pelos dentistas. Isso porque a substância vendida em farmácias e supermercados nem sempre tem a abrasividade controlada. Por isso, se as partículas forem duras demais, podem desgastar o dente. Ele também não pode ser usado em substituição ao creme dental.

Pele esfoliada
O bicarbonato, muitas vezes, é usado como um esfoliante caseiro. Os grânulos, de fato, podem ajudar a remover as células mortas, mas é preciso cuidado: o pó também altera o pH da pele --que é levemente ácido -- e, por isso, são comuns os casos de coceiras, irritações e alergias.

Couro cabeludo protegido
Já no couro cabeludo, ele teria o poder de controlar o pH dessa região, diminuindo os riscos de proliferação fúngica e bacteriana, ajudando a evitar dermatites seborreicas e outras irritações do couro. No entanto, deve ser muito bem retirado, sem deixar resíduos. Também vale saber que, por ser adstringente, o bicarbonato pode ressecar os fios.

Odores do corpo sob controle
Outro uso comum é como desodorante. Neste caso, ainda pela alteração do pH da pele, ele diminuiria a proliferação bacteriana dessa região, o que ajuda a diminuir o odor da região. No entanto, não impede o suor.

Mas nem sempre o bicarbonato funciona

Por fim, o bicarbonato também é usado para controlar a acne. Embora, teoricamente, ele tenha efeito adstringente e seborregulador, não existem estudos científicos confiáveis que comprovem seu uso com segurança. Na dúvida, é melhor evitar.

Fontes: Jean Leandro dos Santos, professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas, e Osmir Batista de Oliveira Junior, professor da Faculdade de Odontologia, ambos da Unesp (Araraquara, SP), Mary Rosa Rodrigues de Marchi, química com doutorado em Química Analítica, Marcelo Bellini, dermatologista, e Luiz Augusto Menegazzo, nefrologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo. 

Siga o VivaBem nas redes sociais
Facebook • Instagram • Youtube

Alimentação