Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

O café de todo dia protege suas artérias e evita doenças cardiovasculares

A cafeína melhora a função das células que revestem os vasos sanguíneos e evita problemas no coração - iStock
A cafeína melhora a função das células que revestem os vasos sanguíneos e evita problemas no coração Imagem: iStock

Do Viva Bem, em São Paulo

21/06/2018 15h00

Sabe aquele cafezinho que você adora tomar ao acordar, depois do almoço e no meio da tarde? Ele protege veias e artérias e ajuda a diminuir o risco de problemas no coração e acidente vascular cerebral (AVC). Isso é o que sugere um estudo da Universidade de Dusseldorf, na Alemanha, publicado nesta quinta-feira (21) no periódico PLOS Biology.

Os cientistas descobriram que a cafeína promove o movimento de uma proteína reguladora para as mitocôndrias, melhorando a capacidade funcional das células endoteliais, que revestem o interior dos vasos sanguíneos. Esse efeito protetor foi alcançado com uma dose de cafeína equivalente ao consumo de quatro xícaras de café por dia.

Leia também:

No estudo, realizado em ratos obesos, pré-diabéticos  e idosos, os pesquisadores mostraram que a proteína p27, conhecida principalmente como um inibidor do ciclo celular, estava presente nas mitocôndrias e nos principais tipos de células do coração.

A pesquisa descobriu que a cafeína induziu o movimento de p27 na mitocôndria, desencadeando essa cadeia de eventos benéficos. O consumo da substância promoveu a migração dos endoteliais, protegeu as células do músculo cardíaco da morte celular e desencadeou a conversão de fibroblastos em células contendo fibras contráteis --todas cruciais para o reparo do músculo cardíaco após o infarto do miocárdio.

"Nossos resultados indicam um novo modo de ação para a cafeína. Estes resultados devem levar a melhores estratégias para proteger o músculo cardíaco de danos, incluindo a consideração do consumo de cafeína como um fator dietético adicional na população idosa”, conclui Judith Haendeler, uma das responsáveis pela pesquisa.

O Food and Drug Adminstration (FDA), órgão do governo americano responsável pela regulamentação de alimentos e medicamentos, recomenda que pessoas saudáveis não consumam mais de 400 mg de cafeína por dia -- dose encontrada em quatro xícaras de café expresso. Vale lembrar que a cafeína também está presente em chás e no chocolate, e a ingestão excessiva da substância pode causar taquicardia, irritação, insônia e dores no estômago.

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube

Mais Alimentação