PUBLICIDADE

Topo

Comer uma salada caprichada em folhas por dia pode beneficiar o cérebro

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

01/01/2018 19h19

Comer vegetais verdes pode ajudar a diminuir o declínio mental, sabia?

Uma pesquisa, divulgada no periódico Neurology, mostrou que alimentos verdes e em folhas podem ajudar o cérebro. Para isso, os cientistas acompanharam 960 homens e mulheres de 58 a 99 anos. Durante cinco anos, os voluntários completaram questionários sobre suas frequências alimentares e tiveram duas ou mais avaliações cognitivas.

Veja também:

Entre muitos outros alimentos analisados, os pesquisadores registraram o número de porções de alface, espinafre, couves e repolho.

Os testes de habilidades mentais, que testaram a memória, capacidade espacial e velocidade perceptiva, mostraram que aqueles que comem mais vegetais em folhas – uma a duas porções por dia – estão 11 anos “mais jovens” nas ações cognitivas do que aqueles que comiam poucos ou nenhum.

Isso porque os alimentos verdes contêm substâncias como a luteína, ácido fólico e betacaroteno, que afetam e retardam o envelhecimento.

O mesmo efeito pode ser obtido com os suplementos contendo esses nutrientes?

Provavelmente não. “A evidência de suplementos não é positiva, tanto em estudos observacionais quanto em ensaios clínicos”, afirmou a autora principal do estudo, Martha Morris, ao The New York Times. “Os nutrientes nos alimentos têm muitas formas e interações diferentes. Uma formulação específica colocada em uma pílula com o mesmo efeito? Isso é uma ilusão”.

SIGA O VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook: https://www.facebook.com/VivaBemUOL/
Instagram: https://www.instagram.com/vivabemuol/
Inscreva-se no nosso canal no YouTube: http://goo.gl/TXjFAy