PUBLICIDADE

Topo

Universa

Filho de Pinochet coloca à venda roupas do ex-ditador

O ex-ditador chileno Augusto Pinochet, morto no final de 2006, em foto de 1987 - Reuters
O ex-ditador chileno Augusto Pinochet, morto no final de 2006, em foto de 1987
Imagem: Reuters

11/08/2007 10h33

SANTIAGO (Reuters) - O filho de Augusto Pinochet colocou à venda em uma alfaiataria de Santiago roupas que pertenceram entre 1980 e 2006 ao ex-ditador chileno, informou a imprensa local neste sábado.

Nenhuma das peças custa menos de 2 mil dólares, segundo o jornal La Tercera. Pinochet morreu de problemas no coração em 10 de dezembro de 2006, aos 91 anos.

"Apenas posso dizer que essas roupas são usadas, inclusive por mim. Faz muito tempo que meu pai me deu de presente", disse Augusto Pinochet Hiriart ao jornal.

"São roupas que ele usava em casa ou para sair em atividades particulares, nada de momentos emblemáticos u especiais", acrescentou.

As peças serão vendidas na alfaiataria "D'Adriany" de forma reservada, para aqueles que perguntarem sobre elas ou para clientes que os vendedores identifiquem como partidários de Pinochet, acrescentou o jornal.

Durante a ditadura de Pinochet, cerca de 3 mil pessoas morreram ou desapareceram, enquanto outras 28 mil foram torturadas, segundo dados oficiais.

Pinochet morreu sem saber se seria condenado pela justiça pelos crimes cometidos durante seu mandato.

Universa