PUBLICIDADE

Topo

Universa

Ex-miss Brasil é operada após roubo na entrada de desfile no Rio

A ex-miss Brasil Leila Schuster assaltada hoje na saída do desfile da Alessa - Arquivo Folha
A ex-miss Brasil Leila Schuster assaltada hoje na saída do desfile da Alessa
Imagem: Arquivo Folha

17/01/2007 21h49

RIO DE JANEIRO - A ex-miss Brasil Leila Schuster passou por uma microcirurgia nesta quarta-feira após ter sua mão direita esfaqueada em um assalto na entrada do desfile da Alessa, evento que faz parte do Fashion Rio.

Segundo seu amigo estilista Neil Brasil, Leila saía do seu carro em direção a uma concessionária de veículos em Botafogo, onde aconteceu o desfile da grife, quando foi abordada por dois bandidos de moto.

"Eles puxaram a bolsa dela e ela foi junto com a bolsa. Arrastaram ela 50 metros no asfalto e, para soltar a mão presa na bolsa, começaram a esfaquear sem parar", disse Neil.

Leila, 35 anos, é gaúcha e mora no Rio de Janeiro há 12 anos. Ela foi miss Brasil em 1993 e hoje em dia tem uma grife, chamada Miss Schuster, da qual Neil é o estilista.

O Hospital Samaritano confirmou a microcirurgia de reconstrução na ponta de três dedos da mão direita --indicador, médio e anular. Também houve lesão grave nos tendões.

A cirurgia foi bem-sucedida, e Leila está agora internada, em observação, tomando medicação intravenosa. Uma assessora do hospital disse que não ficou claro que tipo de objeto havia sido usado pelos bandidos.

(Por Fernanda Ezabella)

Universa