Homem mata namorada com facada no pescoço em Londrina (PR)

A cabeleireira Claudia Ferraz, de 45 anos, foi morta com uma facada no pescoço pelo namorado, Arthur Rockenbach, em Londrina (PR). O crime aconteceu na noite de quarta-feira (7).

O que aconteceu

Claudia foi morta com facada no pescoço. Arthur Rockenbach, namorado da vítima, matou Claudia após uma briga. O caso foi registrado como feminicídio.

Vítima foi encontrada pela própria mãe. Dalvina, mãe de Claudia, foi até a casa dela para ver se a filha estava bem. A mãe estranhou o fato de Cláudia não ter ido em sua casa para tomar café, como tinha combinado. Entretanto, ao chegar na casa da filha, olhou pela janela, viu o corpo e chamou a polícia.

Homem se entregou e confessou, segundo a polícia. Arthur Rockenbach afirmou que após ter matado Cláudia, foi até um posto de gasolina, comprou combustível e jogou o líquido pela casa, pensando em incendiar a residência. Entretanto, não chegou a atear fogo. "Não se sabe se ele se arrependeu ou se não deu tempo com a chegada da polícia", disse o delegado Roberto Fernandes, da PCPR.

Em caso de violência, denuncie

Ao presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie.

Casos de violência doméstica são, na maior parte das vezes, cometidos por parceiros ou ex-companheiros das mulheres, mas a Lei Maria da Penha também pode ser aplicada em agressões cometidas por familiares.

Também é possível realizar denúncias pelo número 180 — Central de Atendimento à Mulher — e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes