Conteúdo publicado há 3 meses

Homem confessa que matou e abusou de mãe e filhas em MT

Um homem foi preso em flagrante após confessar ter matado e abusado de uma mulher e suas três filhas em Sorriso (MT).

O que aconteceu

O homem, identificado como Gilberto Rodrigues dos Anjos pela Polícia Judiciária Civil do estado, confessou que matou Cleci Calvi Cardoso, de 46 anos, e suas três filhas. A única maior de idade era Miliane Calvi Cardoso, de 19 anos. As crianças tinham 13 e 10 anos. O UOL busca a defesa de Gilberto.

O autor do crime trabalhava em uma obra ao lado da casa das vítimas. Ele as atacou na madrugada do último sábado (25), e alegou querer "roubar" a casa.

A polícia o identificou como suspeito após verificar que seu chinelo era compatível a uma marca de sangue encontrada na casa. O homem também entrou em contradição ao ser questionado e, pressionado, confessou o crime.

Depois de esfaquear três vítimas, o pedreiro abusou sexualmente da mãe e de duas filhas. Os corpos das vítimas foram encontrados hoje dentro da casa.

A polícia foi acionada após vizinhos perceberem a ausência da família, disse o Sargento Talmir, do Corpo de Bombeiros de MT, em entrevista à imprensa. "Esse acontecimento vai marcar a história de Sorriso. Lamentável.", complementou o sargento.

Homem tinha mandados de prisão em aberto

Na checagem de informações, as autoridades descobriram dois mandados de prisão em aberto contra ele —um pela Comarca de Lucas do Rio Verde por crime sexual, e outro pela Comarca de Mineiros, em Goiás, pelo crime de latrocínio. A Polícia Civil também apurou histórico de violência doméstica.

Continua após a publicidade

Pela comoção na cidade, o assassino confesso foi transferido para uma penitenciária de Sinop (MT).

O autor das quatro mortes foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e estupro contra duas vítimas adultas, homicídio qualificado e estupro de vulnerável contra a vítima de 12 anos e homicídio qualificado contra a criança de 10 anos.

Em nota, a Polícia Civil disse que "toda a equipe da Delegacia da Polícia Civil de Sorriso está empenhada em esclarecer o crime que abalou a cidade", e que e as diligências seguem "para reunir informações que possam esclarecer os homicídios e se há outras pessoas envolvidas nos bárbaros assassinatos".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes