PUBLICIDADE

Topo

Política

Quem é a feminista que substituirá o governador de NY, acusado de assédio

Kathy Hochul assumirá o governo de Nova York - Reprodução/Twitter @LtGovHochulNY
Kathy Hochul assumirá o governo de Nova York Imagem: Reprodução/Twitter @LtGovHochulNY

De Universa

11/08/2021 15h04

Acusado de assédio sexual por 11 mulheres, Andrew Cuomo, governador do estado de Nova York, optou por renunciar ao cargo na última terça-feira (10) - ele já vinha sofrendo ameaças de impeachment. Com a decisão, a vice-governadora Kathy Hochul se tornará a primeira mulher a governar a região.

"Eu concordo com a decisão do governador Cuomo de renunciar. É a coisa certa a se fazer e no melhor interesse dos nova-iorquinos", escreveu Hochul, de 62 anos, no Twitter. "Como alguém que já serviu em todos os níveis do governo e é a próxima na linha de sucessão, estou preparada para liderar como a 57ª governadora do Estado de Nova York", afirmou a democrata.

Atuação pelas mulheres

Kathy tem 62 anos, nasceu em Buffalo, segunda maior cidade do estado, e foi criada por uma família católica. Desde cedo, se envolveu em causas sociais, através de organizações estudantis, quando cursava faculdade de direito na Universidade de Syracuse. Depois de formada, iniciou a carreira política. Em seus discursos, sempre se coloca a favor dos direitos da mulher da população LGBTQIA+. Ela já afirmou ser "pro choice" , como os americanos chamam quem é a favor da descriminalização do aborto.

Kathy se juntou à mãe e a tia e criou, em 2006, a Kathleen Mary House, um lar temporário para vítimas de violência doméstica. Ela também liderou campanhas de prevenção ao abuso sexual, como a "Enough is Enough" e contribuiu para a aprovação de leis mais rígidas contra o assédio sexual no país.

No início do mês, ela declarou que "acredita nas mulheres" que acusam Andrew Cuomo. Pelo Twitter, escreveu: "O assédio sexual é inaceitável em qualquer local de trabalho. A investigação documentou comportamento repulsivo e ilegal do governador em relação a varias mulheres. Eu acredito nelas e admiro sua coragem".

Segundo a rede de notícias americana NBC, Hochul e Cuomo quase não têm qualquer relacionamento pessoal ou profissional e ela não fala com ele desde fevereiro.

Discreta sobre a vida pessoal, Kathy Hochul é casada desde 1984 com o advogado William J. Hochul Jr e tem dois filhos, Caitlin e William.

Política