PUBLICIDADE

Topo

Universa

Protesto ambiental interrompe desfile da Dior na Semana de Moda de Paris

"Somos todos vítimas da moda", diz cartaz em protesto durante o Paris Fashion Week - Stephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty Images
'Somos todos vítimas da moda', diz cartaz em protesto durante o Paris Fashion Week Imagem: Stephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty Images

De Universa, em São Paulo

29/09/2020 17h18

Uma mulher protestando contra o impacto da moda no meio ambiente interrompeu hoje o desfile de Primavera/Verão da Dior na Semana de Moda de Paris.

"Nós somos todos vítimas da moda", dizia em caixa alta o cartaz que ela carregou pela passarela. Também é possível notar que estão desenhados dois símbolos usados para representar que uma espécie entrou em extinção.

A ideia do protesto era relacionar o consumo da moda e a indústria do setor em si com seu impacto no meio ambiente.

Segundo o WWD, a porta-voz do Extinction Rebellion — grupo ativista contra as mudanças climáticas que prega o boicote à moda — assumiu a autoria do protesto. A People relata que a plateia ficou confusa porque a manifestação não chegou a atrapalhar o fluxo do desfile, mas parecia fazer parte dele.

"Foi uma surpresa para todo mundo. Foi tão bem feito que ninguém poderia dizer o que era", afirmou o CEO da Dior, Pietro Beccari à WWD.

'Não estamos destruindo o planeta'

Sidney Toledano, CEO do LVMH Fashion Group — também não entendeu direito o que houve e minimizou os impactos ambientais da indústria da moda.

"Eu não acho que nós estamos destruindo o planeta", disse Toledano. "Nós estamos comprometidos com a redução do nosso impacto ambiental ao cortar as nossas emissões de dióxido de carbono e mapeando a origem das nossas matérias-primas", explicou.

"Eles não deveriam nos ter como alvo. Eu acho que há outras indústrias que poluem muito mais", declarou.

Universa