PUBLICIDADE

Topo

Thammy rebate ofensas por campanha de Dia dos Pais: 'Amor sempre vence'

Thammy e Andressa com o filho, Bento - Reprodução/Instagram
Thammy e Andressa com o filho, Bento Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

27/07/2020 15h07Atualizada em 28/07/2020 09h03

O ator e influenciador Thammy Miranda se posicionou hoje após ser ofendido por participar da campanha de Dia dos Pais da Natura. O pai de Bento, de 6 meses, recebeu recados de apoio, mas também foi alvo de mensagens preconceituosas e transfóbicas.

"As pessoas, quando criticam, falam mais sobre elas do que sobre mim. Todas as críticas que eu recebi são uma forma de as pessoas exporem suas próprias frustrações", disse, em entrevista à Quem. "Só posso dizer que lamento não poder ser pai do filho de todos eles, porque eles teriam o melhor pai do mundo".

O ator e pai de primeira viagem disse que sua luta "é muito grande" e que acredita ser sua missão "quebrar barreiras e provar que o amor sempre vai vencer".

Andressa Ferreira, sua esposa e mãe de Bento, falou ao veículo sobre o orgulho que sente do ator: "Acredito que história de vida do Thammy traz uma missão. Ele vai deixar um legado de uma nova fase, da história que a gente está vivendo de quebra de preconceitos e de novos valores. Vai deixar uma lição de vida de que o que importa é o amor, a fé e a bondade. Ele está fazendo história".

Ela, que é influenciadora, foi só elogios a Thammy como pai e marido, dizendo que ele é "dedicado, presente e participativo".

"Queria que todas as mulheres pudessem ter um pai, um marido tão bom como Thammy é. A maior reclamação que escuto das mulheres que me acompanham é essa, como o marido é ausente como companheiro e como pai", afirmou.

Além de Thammy, também estrela a campanha da Natura Babu Santana, Henrique Fogaça, Rafael Zulu, Fernando Ferraz e Rodrigo Capita, entre outros.

Assista ao comercial criado pela agência DPZT:

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no 1º parágrafo desta matéria, Bento tem 6 meses de vida, e não 6 anos. A informação já foi corrigida.

Diversidade