PUBLICIDADE

Topo

Sam Smith desabafa sobre se assumir não-binário: "Queria estar confortável"

Reprodução
Imagem: Reprodução

De Universa, em São Paulo

14/02/2020 19h37

Sam Smith abriu o jogo sobre a decisão de se assumir não-binário e as experiências sobre o tratamento de pronome.

Em entrevista a Zane Loew, no New Music Daily, a voz de "Stay With Me" disse que a maior dificuldade, para as pessoas que veem a situação de fora, é a forma de se comunicar.

"O mais difícil é as pessoas mudarem seu vocabulário", opinou. "Leva tempo e todo mundo erra. Eu vou não ter um gênero definido até o dia que eu morrer".

Para Sam, vai "demorar muito tempo para que as pessoas deixem de usar gênero no vocabulário".

"A decisão de me assumir foi para me sentir seguro. Isso me faz feliz e faz com que eu fique confortável", comentou. "Se eu viver uma vida em que estou um pouco mais confortável me feliz, acho que vale a pena".

Diversidade