PUBLICIDADE

Topo

Universa

A atriz Letícia Lima fala sobre aceitação, relacionamento gay e política

Luiza Souto

Do UOL, em São Paulo

31/01/2020 04h00

Na novela global "Amor de Mãe", a Estela de Letícia Lima transa com quem quer, anda de calcinha quando bem entende e faz o que tem vontade — mesmo quando lhe falta um pouco de sororidade —, atenta a atriz de 35 anos nascida em Três Rios (RJ).

Mas se o comportamento livre da personagem criada por Manuela Dias esbarra em questões não muito aceitas por Letícia, como ficar com homens comprometidos, as contradições de sua intérprete trombam entre a dificuldade de aceitar seu próprio corpo e a briga pela quebra de padrões. "Me vejo fazendo um post sobre celulite e, na hora de fazer uma cena de calcinha, estou lá passando todos os cremes do mundo", diz Letícia.

Apesar disso, a artista — que começou a carreira na internet com uma personagem machista no canal "Anões em Chamas" e estreou na Globo em 2015, na novela das nove "A Regra do Jogo" — gosta do que vê no espelho. E não tem problema nenhum em mandar uma foto íntima. "Sem make", frisa.

Conteúdo disponível em podcast

A entrevista de Letícia Lima integra a série de podcasts UOL Entrevista, lançada em julho.

O podcast UOL Entrevista pode ser acessado nas páginas oficiais do UOL, YouTube do UOL, além de aplicativos como o Spotify e Apple Podcast. Além desse conteúdo, você pode ouvir outros podcasts do UOL, como o Baixo Clero e o Ficha Criminal.

Podcasts são programas que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Para ouvir podcasts, você pode baixar aplicativos como o Spotify e o Apple Podcasts. Depois, basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado.

Universa