PUBLICIDADE

Topo

Universa

Um mês após "toque inapropriado", reality expulsa participante pela 1ª vez

Dan Spilo foi expulso do reality Survivor: Island of the Idols um mês depois de denúncia sobre "toque inapropriado" - Divulgação/CBS
Dan Spilo foi expulso do reality Survivor: Island of the Idols um mês depois de denúncia sobre "toque inapropriado" Imagem: Divulgação/CBS

De Universa, em São Paulo

13/12/2019 08h02

O reality Survivor: Island of the Idols, da rede norte-americana CBS, expulsou, pela primeira vez em 39 temporadas, um participante do programa. O anúncio partiu do apresentador do programa, Jeff Probst, que informou aos "náufragos" que Dan Spilo havia sido banido e não voltaria ao local.

Ao fim da atração, uma legenda que dizia o seguinte apareceu na tela: "Dan foi removido após a denúncia de outro incidente, que ocorreu fora das câmeras e não envolveu nenhum jogador".

De acordo com o site NewsWeek, a decisão ocorreu por "má conduta que não envolve um colega de elenco". Spilo, que é gerente de talentos em Hollywood, já havia sido alertado pela produção por um "toque inapropriado" denunciado pela concorrente Keelle Kim há um mês - a CBS não divulgou nenhum nome ou imagem em relação ao caso.

Keelle, que já estava eliminada do reality, falou no Twitter sobre o ocorrido. "Embora a expulsão de Dan tenha validado as preocupações que levantei desde o início da temporada, desejo que ninguém tenha sido submetido a esse tipo de comportamento".

"A CBS e o Survivor notaram o comportamento de Dan desde os primeiros dias do jogo. E, como os fãs sabem, logo depois que eu falei na câmera, fui eliminada do programa. Desde então, continuei me decepcionando com a forma como esse padrão foi permitido por tanto tempo".

Tanto a emissora quanto Dan Spilo foram procurados pelo NewsWeek, mas decidiram não falar sobre o caso.

Universa