Topo

Universa


Universa

Dublê é julgado por matar ex-namorada e enterrá-la no jardim

O dublê Kirill Belorusov e a diretora de cinema Laureline Garcia-Bertaux - Reprodução/Instagram
O dublê Kirill Belorusov e a diretora de cinema Laureline Garcia-Bertaux Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

10/09/2019 19h55

A Justiça britânica começou a julgar o caso da cineasta francesa Laureline Garcia-Bertaux, de 34 anos, encontrada morta e enterrada no jardim de seu apartamento, em Londres, há seis meses. Segundo a procuradoria inglesa, o ex-namorado da diretora, o dublê estoniano Kirill Belorusov, é o autor do crime. Ele nega a acusação.

De acordo com a denúncia, o dublê estrangulou a ex-namorada até a morte, amarrou os pés dela e as mãos atrás das costas, colocou o corpo em um saco de lixo e a enterrou. Belorusov ainda teria usado a internet da cineasta para assistir a pornografia após o crime.

"Pouco antes das 16 horas, ele entrou na internet e começou a procurar por cassinos online. Às 16h, usou a internet durante 11 minutos para ver diferentes filmes pornográficos no site Pornhub", contou o procurador Oliver Glasgow, em entrevista ao jornal Daily Mail.

O dublê também conversou com amigos da cineasta pelo celular dela, se passando pela ex-namorada, segundo a acusação. Enquanto eles a procuravam desesperadamente, ele passou a morar no flat de Laureline. O julgamento está em andamento.

Mais Universa