PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Mulher descobre que estava grávida na hora de dar à luz. Ela conta como foi

Klara Dollan deu à luz sem saber que estava gávida - Reprodução/Facebook
Klara Dollan deu à luz sem saber que estava gávida Imagem: Reprodução/Facebook

Da Universa

31/03/2019 11h35

A britânica Klara Dollan acordou num dia normal para trabalhar e sentiu dores no estômago. No fim do dia, esse mal-estar era, na verdade, as contrações da gravidez: sem saber que esperava uma menina, ela à luz em seu banheiro.

Na época com 22 anos, Klara começaria naquele dia num novo emprego, e tomou apenas um paracetamol antes de seguir para o trabalho, em Londres. Ela relata ao "The Guardian" que horas depois seguiu passando mal e precisou voltar para casa onde, sozinha, deu à luz. Um vizinho ouviu seus gritos e chamou uma ambulância. A menina, que se chama Amelia, nasceu saudável.

Klara terminou o namoro com o pai da criança cinco meses antes de sua filha nascer, e estava acostumada a não ficar menstruada. Ela também se prevenia tomando pílula anticoncepcional, mas havia parado por duas semanas. Chegou a ganhar peso, mas achou que era uma consequência do fim do relacionamento. Nunca desconfiou que poderia estar grávida.

"Não havia nada aparecendo. Eu não estava sentindo nada. Eu não tinha sintomas, desejos, náusea, nada", afirma ela ao jornal, para relatar em seguida como foi o momento de dar à luz. "Meu corpo estava apenas me dizendo para acabar com aquela dor. Então vi uma cabeça saindo. Eu estava em choque absoluto".

A reportagem informa ser "mais comum do que se pensa" uma mulher levar a gravidez sem saber. Há, inclusive, um nome para isso. Chama-se "gravidez enigmática", ou "cryptic pregnancies" em inglês. Um artigo publicado em 2002 no British Medical Journal estimou que ela acontece em cerca de uma em cada 2,5 mil gestações, sugerindo cerca de 320 casos no Reino Unido a cada ano.

Mães e filhos