PUBLICIDADE

Topo

Relacionamentos

Trisal de SP ganha colchão gigante feito sob medida: "Cabe a nossa família"

Matheus, Tiago e Renato em sua nova cama de tamanho inédito no mercado - Reprodução/Instagram
Matheus, Tiago e Renato em sua nova cama de tamanho inédito no mercado Imagem: Reprodução/Instagram

Mariana Gonzalez

Da Universa

03/03/2019 04h00

Dormir de conchinha divide opiniões -- há quem ame, há quem odeie. Mas o trisal paulistano formado pelo gerente de marketing Tiago Pizzolo, de 30 anos, e pelos empresários Renato Marques, de 33, e Matheus Maia, de 30, não tinha outra opção: teve que dormir bem juntinho (e apertado!) numa cama queen size durante quase seis meses, já que não havia opções de camas maiores, em que os três coubessem de forma confortável.

"A gente adora dormir junto, mas era um perrengue enorme. Eu e o Renato dormíamos em uma cama queen size [de 198 por 158 centímetros], mas ficou muito apertado quando o Tiago chegou", conta Matheus, que namora o primeiro há oito anos. Há seis meses, eles aderiram ao poliamor.

O problema foi resolvido quando os três conseguiram mandar fazer uma cama box 20 centímetros mais larga que a king size, o maior tamanho disponível no mercado. Feita especialmente para Renato, Tiago e Matheus, a cama tem 213 por 203 centímetros e chegou a casa deles no último dia 14 -- por coincidência, Valentine's Day nos Estados Unidos e data em que o trisal comemorava seis meses de relacionamento.

Morando em um apartamento em São Paulo, os três tiveram que fazer pequenas modificações no quarto para receber o móvel gigante: tiraram os criados-mudos, mudaram o armário de lugar e ocuparam praticamente todo o cômodo. Mas, segundo eles, valeu a pena.

"Sabe aquele sono profundo, de horas seguidas? Nós não tínhamos. E começamos a perceber que estávamos sempre com um semblante cansado", lembra. Além disso, a novidade pôs fim a uma série de conflitos como cotoveladas noturnas e roubos de lençol. Tiago, que chegou por último, ficou com o pior lugar: o do meio. "Quando levantava no meio da noite e, não tinha mais espaço para mim. Agora até o meio da cama é espaçoso", brinca.

Aceitação

O problema foi resolvido pela startup brasileira Zissou que, num primeiro momento, havia negado o pedido. Dois dias depois, porém, veio a resposta positiva: a cama especial seria feita. "Procuramos outras empresas, mas nenhuma se mostrou disponível sequer para entender a nossa necessidade. Algumas nem chegavam a responder", lembra Matheus. Eles contam que o mesmo estranhamento ocorre quando viajam e precisam reservar um hotel, por exemplo.

"Não saímos anunciando que somos um trisal, mas como os quartos de hotel geralmente são duplos, temos que explicar que não queremos dois quartos nem duas camas, só precisamos de uma cama maior dentro do mesmo quarto, mesmo que haja uma taxa extra", explica Tiago.

A história de amor entre o trisal e o novo colchão foi publicada por Matheus nas redes sociais e compartilhada mais de 50 vezes no Facebook, além de reunir centenas de comentários -- muitos, de pessoas pedindo que a Zissou coloque o modelo da "cama gigante" no mercado. Nem todos são trisais, mas há pessoas com diferentes dinâmicas de sono: casal que dorme com os filhos, pessoa que gosta de dormir com os três gatos, pessoas mais altas que a média brasileira e por aí vai.

"É tudo muito recente, mas estamos estudando transformar essa medida gigante em um tamanho padrão", disse o fundador da Zissou, Amit Eisler, afirmando que o produto pode chegar à loja nos próximos meses.

Relacionamentos