PUBLICIDADE

Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor


Pausa

Grinch real: Homem é preso após dizer a crianças que Papai Noel não existia

O Grinch - Reprodução
O Grinch Imagem: Reprodução

da Universa, em São Paulo

10/12/2018 16h31

Um homem foi preso no sábado (8) no norte do Texas, nos Estados Unidos, após interromper um café da manhã com o Papai Noel em uma igreja para dizer às crianças presentes que o bom velhinho não existe. 

Aaron Urbanski foi fichado por invasão de propriedade na delegacia de Johnson County. Nenhuma fiança foi determinada ainda para o caso, segundo informações da filiada local da emissora de tevê NBC nesta segunda (10).

Junto a outros dois homens, o rapaz de 31 anos compunha um protesto frente à St. Mark United Methodist Church em Cleburne. Segundo o policial Brian McQueen, os companheiros de Aaron aceitaram deixar o local, mas ele se recusou a sair "e continuou a perturbar" os frequentadores

O objetivo do protesto era esclarecer para as crianças que a ideia de um Papai Noel é falsa e que elas deveriam ser ensinadas sobre quem é Jesus.

De acordo com Heather Johnson, uma mãe presente na igreja no momento da prisão e que falou também à NBC, o grupo de Aaron a ofendeu verbalmente e a acusou de ensinar um conceito errado para seus filhos, sobre uma figura que não existe.

Pausa