PUBLICIDADE

Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor


Pausa

Mulher encontra cartas de amor trocadas por seus pais e emociona a timeline

As cartas de amor trocadas entre os pais da usuária do Twitter @sumacy enquanto a mãe vivia na China e o pai nos Estados Unidos - Reprodução/Twitter
As cartas de amor trocadas entre os pais da usuária do Twitter @sumacy enquanto a mãe vivia na China e o pai nos Estados Unidos Imagem: Reprodução/Twitter

da Universa, em São Paulo

13/08/2018 15h55

Uma jovem sino-americana emocionou o Twitter ao compartilhar um achado que fez: as cartas de amor trocadas pelos seus pais na fase "à distância" do relacionamento.

A mãe de Macy, que atende na plataforma pelo "@sumacy", vivia na China e o pai, nos Estados Unidos, durante os primeiros anos do namoro.

Veja também

"Meus pais estiveram em um relacionamento à distância por alguns anos depois que meu pai se mudou para os EUA, mas eles mantiveram contato através destas cartas. Vocês me ouvem chorando?", escreveu ao compartilhar imagens de diversas pilhas da correspondência carinhosa entre eles.

Seu tuíte não só viralizou como envolveu os seguidores — ele já recebeu mais de 110 mil curtidas e quase 40 mil retuítes — além de uma série de perguntas dos curiosos para saber mais sobre a história do casal.

Perguntada se os pais ainda estavam juntos, Macy respondeu: "O 21º aniversário de casamento deles é este ano!".

Ela ainda contou que o pai se mudou para o país para fazer faculdade na Purdue University, no estado de Indiana. Enquanto isso, sua mãe estava na China, rodeada por amigos e colegas já se casando e tendo filhos, incentivando-a a terminar o relacionamento com o pai de Macy.

Ela, no entanto, não aceitou o conselho e eles trocaram cartas por cerca de 5 anos antes que sua mãe se mudasse finalmente para os Estados Unidos e eles pudessem ficar juntos.

Diante da resposta entusiástica dos seguidores à história de amor, Macy contou ainda que mostrou o tuíte para a mãe. Ela então recuperou uma das cartas, leu e começou a chorar. Que emoção, não?

Pausa