Topo

Direitos da mulher


Debates sobre direito da mulher cresceram 50% no Twitter no último semestre

As conversas sobre empoderamento, assédio e igualdade de gênero estão em alta na rede social - AFP
As conversas sobre empoderamento, assédio e igualdade de gênero estão em alta na rede social Imagem: AFP

da Universa, em São Paulo

08/03/2018 09h06

As discussões sobre sororidade, assédio e igualdade de direitos entre os gêneros estão em alta segundo o Twitter.

A plataforma divulgou nesta quarta, 7, o resultado do levantamento #SheInspiresMe ("Ela Me Inspira", em tradução livre), em que compilou os nomes das mulheres que mais inspiram os usuários e revelou a realidade dos movimentos pelo empoderamento feminino na rede social.

Veja também

Conversas sobre direito das mulheres, no geral, tiveram um crescimento de 50% nos últimos seis meses, de acordo com o relatório.

Entre as mulheres mais citadas como inspirações para os donos de perfis através da hashtag do projeto estão a cantora Lady Gaga (@ladygaga), a ativista Malala Yousafzai (@Malala) e a ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama (@MichelleObama). As mães dos internautas também foram muito citadas como inspirações femininas.

As campanhas criadas para denunciar e combater assédio, abuso e desigualdade de gênero no ambiente de trabalho também estão em foco.

A hashtag #MeToo foi utilizada em 67 países desde o nascimento do movimento digital e já acumula 8 milhões de tweets no mundo desde o dia 1 de outubro do ano passado. A campanha #TimesUp já contabiliza mais de 1 milhão de tweets desde janeiro, quando foi criada.