PUBLICIDADE

Topo

Universa

Resumo pop da semana: shortinho aberto vira hit e Latino tatua macaquinho

Latino leva macaco para passagem de som na avenida Paulista - Reprodução/Globo News
Latino leva macaco para passagem de som na avenida Paulista Imagem: Reprodução/Globo News

Luiza Sahd

Colaboração para o UOL

05/01/2018 04h00

Mal começou o ano e o mundo pop está cheio de novidades. Veja o que de mais quente rolou durante os primeiros dias de 2018 nas redes sociais:

Uma moda democrática

Finalmente, as influencers, atrizes e blogueiras lançaram uma moda que contempla corpos de todos os tipos. Na primeira semana do ano, muitas delas aderiram ao estilo do shortinho com zíper aberto, que veio muito a calhar para a época de comilança e pé na jaca das festas de final de ano. Já pode aderir?

 

Ratinho e homofobia

Quem começou 2018 com o pé esquerdo foi Ratinho. Em um vídeo no Instagram, o apresentador reclamou do “excesso de viado” nas novelas da Globo. O comentário repercutiu muito mal, como era de se esperar e, em seguida, Ratinho gravou um vídeo fazendo um mea culpa. Dizem que o peixe morre pela boca; do que será que morrem os ratinhos?

 

Meme acidental

Uns querendo virar meme, outros querendo desvirar: o presidente Michel Temer caiu na boca do povo novamente. Depois da ampla polêmica sobre seu problema de próstata, Temer foi visto fazendo caminhada com uma camiseta meio… justinha. Daí, para as mamas do presidente virarem o meme do final de semana, foi um pulo.

Universa