PUBLICIDADE

Topo

Universa

A semana: o jantar de Cármen Lúcia, terror em Las Vegas e Obama no Brasil

Adriana Nogueira

Do UOL

08/10/2017 04h00

Os acontecimentos, as pessoas e as iniciativas que fizeram barulho nesta semana, impactando a vida e o olhar das mulheres.

Show das poderosas

BRASILIA, DF, BRASIL, 03-10-2017, 20h00: A presidente do STF Ministra Carmen Lucia recebe a procuradora geral da rep?blica, Raquel Dodge, a presidente do STJ ministra Laurita Vaz, a ministra chefe da AGU Grace MendonÁa, dentre outras mulheres com cargos de import?ncia na poÌtica e no judi·rio para um jantar em sua residÍncia. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER) - Pedro Ladeira/ Folhapress - Pedro Ladeira/ Folhapress
Imagem: Pedro Ladeira/ Folhapress

Um jantar reunindo seis das mulheres mais poderosas do judiciário brasileiro despertou a atenção da mídia na terça-feira (3). O encontro foi organizado pela presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, e teve a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, entre as convidadas. A pauta? Não foi revelada, mas, dada a baixa presença feminina na cúpula do Poder Judiciário, só a junção de tantos nomes fortes já causou rebuliço na imprensa.

Terror em Las Vegas

1º.out.2017 - Pessoas se jogam no chão durante ataque de atirador - David Becker/Getty Images/AFP - David Becker/Getty Images/AFP
Imagem: David Becker/Getty Images/AFP

Na madrugada de segunda-feira (2), um homem de 64 anos abriu fogo contra a plateia de um festival de música country, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Ao menos, 59 pessoas morreram e mais de 500 ficaram feridas no que está sendo considerado o maior tiroteio da história do país. Até o momento, a motivação do atirador não foi esclarecida. O Estado Islâmico chegou a reivindicar a ação.

Mulheres precisam estar nuas para entrar no Masp?

Guerrilla Girls no Abrons Art Center, em Nova York, 2015 - Guerrilla Girls - Guerrilla Girls
Imagem: Guerrilla Girls

O coletivo de artistas feministas americanas Guerrilha Girls está em cartaz no Masp (Museu de Arte de São Paulo) com a sua primeira retrospectiva no país. Nos mais de cem cartazes em exposição, as artistas –que nunca revelam o rosto, usando sempre máscara de gorila– questionam a falta de espaço para artistas mulheres em galerias e museus.

Nuzman preso

Nuzman é preso pela Polícia Federal no Rio de Janeiro - Bruno Kelly/Reuters - Bruno Kelly/Reuters
Imagem: Bruno Kelly/Reuters


Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB (Comitê Olímpico do Brasil) e do Rio-2016, foi preso pela Polícia Federal, nesta quinta-feira (5). A ação foi um desdobramento de investigação sobre suspeita de compra de votos na eleição que escolheu o Rio de Janeiro como sede dos Jogos de 2016. Por causa disso, o Comitê Olímpico Internacional suspendeu Nuzman do cargo na organização da Olimpíada de Tóquio. O COB foi suspenso como membro.

Mais um ano sem vencedoras no Nobel

Por mais um ano consecutivo, nenhuma mulher foi premiada nas categorias científicas do Nobel: Física, Química e Medicina. Desde sua criação, em 1901, apenas 3% das vencedoras foram mulheres, 18 no total, contra discrepantes 581 homens. O anúncio dos vencedores de 2017 aconteceu na sexta-feira (6), em Oslo, na Noruega.

Obama entre nós

5.out.2017 - Ex-presidente dos EUA Barack Obama participa de evento em São Paulo - Cristiano Romero/Valor / Agência O Globo - Cristiano Romero/Valor / Agência O Globo
Imagem: Cristiano Romero/Valor / Agência O Globo

O ex-presidente americano Barack Obama esteve em São Paulo para participar do evento fechado Fórum Cidadão Global, promovido pelo Banco Santander e pelo jornal "Valor Econômico". O tema do encontro foi "Mudar o Mundo? Sim, Você Pode", em alusão ao slogan eleitoral de Obama ("Yes, You Can").

A cidade que mais mata mulheres

A Agência Pública –agência de jornalismo investigativo independente— descobriu a cidade brasileira com o maior número de mortes violentas de mulheres: Ananindeua, no Pará. Em 2015, 21,9 homicídios para cada 100 mil mulheres. A segunda colocada no ranking, Camaçari (BA), registrou a taxa de 13 por 100 mil. O levantamento foi feito a partir de dados do Ministério da Saúde.

Adeus a Ruth Escobar

A atriz e produtora teatral Ruth Escobar no Teatro Caetano de Campos, em 1996 - Milton M. Flores - 18.jun.1996/Folhapress - Milton M. Flores - 18.jun.1996/Folhapress
Imagem: Milton M. Flores - 18.jun.1996/Folhapress


A atriz e produtora cultural Ruth Escobar morreu, na quinta-feira (5), aos 82 anos. Ela sofria de mal de Alzheimer e estava internada no Hospital 9 de Julho, em São Paulo. Nome fundamental da resistência do teatro brasileiro durante a ditadura, ela também cumpriu dois mandados como deputada federal.

Pedofilia onde? No MAM ou no Piauí?

Uma performance no MAM (Museu de Arte de São Paulo) foi acusada de incitação à pedofilia. A polêmica surgiu após fotos e vídeos da apresentação do coreógrafo Wagner Schwartz viralizarem na internet. Nela, o artista está nu e seu corpo pode ser manipulado pelo público. A gritaria aconteceu depois de uma criança tocar uma das mãos e uma das pernas de Wagner, sob a supervisão da mãe. Dias depois, um menor de 13 anos foi encontrado em um presídio do Piauí, embaixo da cama de um detento preso por estupro. O menor foi deixado no lugar pelos próprios pais, para fazer “companhia” para o preso. Sob o caso ainda paira a suspeita de que o garoto trabalharia na unidade prisional.

Espumante brasileiro é o 5º melhor do mundo

casa perini moscatel - Divulgação/Casa Perini - Divulgação/Casa Perini
Imagem: Divulgação/Casa Perini

O espumante Casa Perini Moscatel, produzido pela vinícola Perini, na Serra Gaúcha, foi eleito o quinto melhor vinho do mundo pela Associação Mundial de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Destilados. O produto custa R$ 43,50.

Reforma política a toque de caixa

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria um fundo público para financiamento de campanhas eleitorais, estimado em R$ 1,7 bilhão para as eleições de 2018. A matéria segue para sanção do presidente Michel Temer. A votação foi acelerada para acontecer antes de sábado (7), quando se encerraria o prazo legal para que o fundo pudesse ser usado no pleito do ano que vem.

Universa