Topo

Universa


Universa

Fani expõe drama: "A Esquizofrenia sempre foi o sentido da minha vida"

 

A post shared by Fani Pacheco (@fanipacheco)

 

 

on

 

A post shared by Fani Pacheco (@fanipacheco) on

Do UOL

12/09/2017 16h09

Por meio de uma esquete intitulada "Loucura Sã", publicada em seu canal do YouTube na última quinta-feira (7), a ex-BBB Fani Pacheco encarnou uma personagem com esquizofrenia para explicar como se comportam as pessoas que sofrem com a doença e também para compartilhar um drama pessoal de sua vida.

Desde que nasceu Fani conviveu com a esquizofrenia da mãe Adele Mara, 59 anos, que morreu em 2014. Ainda criança, Fani conseguia internação em manicômio público. A própria jovem também precisou tomar remédios controlados. 

"A esquizofrenia sempre foi o sentido da minha vida, foi graças a ela que me tornei o ser humano que sou hoje. Aprendi que é importante cuidar de alguém, amar alguém. Existe muito preconceito e ninguém quer se comprometer com a saúde mental [dos outros]. Mesmo com todas as dificuldades, eu e minha mãe fomos felizes. Dentro da loucura e da sanidade", conta Fani emocionada.

Ainda de acordo com a ex-sister, o louco não é ser que merece fica vegetando. "Com amor a gente consegue tornar a vida do esquizofrênico melhor. É uma covardia excluir que tem transtornos mentais da sociedade. A própria depressão, que é a doença do século, que todo mundo fala [é estigmatizada]. No fim, as pessoas são tidas como loucas por tomarem remédio controlado e acabam mandadas embora", desabafou ela.

Mais Universa