PUBLICIDADE

Topo

Universa

Aos 51 anos, supermodelo dá lições de estilo para todas as idades

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL

06/01/2017 14h59

Uma das modelos de maior destaque dos anos 90, a norte-americana Veronica Webb não perdeu a beleza e agora resolveu divulgar seus conhecimentos sobre moda e estilo de vida em um blog (Webb On The Fly). Em entrevista à edição de janeiro da Vogue norte-americana, a top declarou que deseja inspirar as pessoas e fazer com que elas conheçam a melhor versão delas mesmas. Além disso, revela que chegar aos 50 sua confiança chegou ao ápice.

Ao lado de Naomi Campbell, a top foi uma das negras de maior destaque no mundo fashion, sendo a primeira a conseguir contrato com uma gigante dos cosméticos, a Revlon, além de desfilar para Karl Lagerfeld e ter sido eleita três vezes como uma das mulheres mais elegantes do mundo pela Vogue. Apesar da carreira de sucesso, Veronica afirma que aprendeu mais sobre moda com a sua mãe: "Ela me ensinou tudo sobre a qualidade das roupas", diz. Hoje, ela considera que este foi o primeiro passo para sua noção de estilo.

Estilo aos 20, 30, 40, 50...

Veronica Webb em desfile da Chanel, nos anos 90 - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Veronica Webb em desfile da Chanel, nos anos 90
Imagem: Reprodução/Instagram
A modelo afirma que o mais importante é encontrar sua "personalidade fashion": "Meu estilo é bem americano, com o conforto no centro de tudo, mas, no fundo, sou bem francesa e mataria por um estilo", afirma.

Outra dica é não ter medo de mostrar seu corpo, e procurar o que favorece seu tipo físico. No caso de Veronica, alta e magra, saltos e vestidos que acentuam o corpo estão sempre no guarda-roupa. Mas se o que você procura é uma tendência certeira para o momento, a top - como muitos no mundo da moda - apostam no retorno dos anos 90, com leggings e blusões repaginados.

"Eu estudo moda todos os dias, com livros sobre história e fotografia. Há tantos sites fabulosos (...) que me inspiram a repensar, reutilizar e 'remisturar' tudo o que eu já tenho", diz. De uma leitura em meios especializados a visitas ao museu, segundo Veronica, tudo pode ajudar não só a montar um guarda-roupa, mas a criar um estilo, independentemente da idade.

Universa