PUBLICIDADE

Topo

Universa

Geração "muppie" se esforça na vida profissional por satisfação pessoal

Multitarefas, os "muppies" não acreditam que ter dinheiro é a coisa mais importante - Getty Images
Multitarefas, os "muppies" não acreditam que ter dinheiro é a coisa mais importante Imagem: Getty Images

Carmen Martín

Em Madri

11/05/2015 11h23

 

Após a passagem dos "hipsters", que voltaram com a moda dos óculos de aros evidentes, o estilo "vintage" e a defesa do meio ambiente, chegam os "muppies", uma nova geração de nativos digitais que podem fazer mil coisas ao mesmo tempo enquanto tentam levar uma vida saudável.

"Muppie", termo inventado da fusão de "milenar" e "yuppie" pela escritora americana Michelle Miller em seu livro "The Underwriting", engloba uma série de jovens entre 25 e 35 anos que se esforçam para conseguir êxito na vida profissional, mais por satisfação pessoal do que por uma boa remuneração.

"Esta nova geração, que tem entre 22 e 35 anos, passa uma hora por dia mergulhada na internet, 30 minutos realizando compras online e 40 minutos confeccionado o menu do dia seguinte", escreveu Miller.

Trabalham no que gostam, são solidários e viciados em redes sociais, mas sua verdadeira droga é o esporte e a ingestão de alimentos saudáveis.

Não concebem a realidade sem tecnologia, cresceram com o CD, o MP3 e o MP4 e o PlayStation, vivem colados no "smartphone" e para eles o Twitter é a principal fonte de informação.
$escape.getHash()uolbr_quizEmbed('http://mulher.uol.com.br/comportamento/quiz/2012/08/30/qual-o-papel-do-dinheiro-na-sua-vida.htm')
Esse grupo conta com uma boa formação, geralmente com estudos superiores, dominam dois idiomas, às vezes três, estudaram no exterior e se ocuparam de engrossar o currículo com cursos específicos e mestrados.

Algumas vezes remunerados e outras não, presumem de uma longa experiência profissional na qual puderam ser desde estilistas até "DJs", passando por blogueiros, modelos por um dia e organizadores de eventos.

Após essa experiência, abrem sua própria empresa, projeto com o qual tantas vezes sonharam e, que hoje em dia, mais do que dar lucro, os diverte e faz se sentirem bem.

Para um "muppie", o dinheiro não é o mais importante, preferem desfrutar das pequenas coisas do dia a dia e se dar ao luxo de ter alguns caprichos.

A vida social destas pessoas se movimenta no Instagram e no Facebook. Amam viajar, conhecer novas culturas e desfrutar da gastronomia, vivências que em apenas alguns segundos compartilham nas redes. O objetivo é simples: conseguir o maior número de seguidores.

Recorrem a ioga e "corrida" para se desligar do trabalho. A fotografia, o cinema, a literatura, o artesanato, fazer ponto e cozinhar são alguns de seus programas preferidos.

Entre suas prioridades estão a saúde e o bem-estar. Adoram os produtos ecológicos, os sucos de frutas, verduras e alimentos saudáveis como o brócolis, os frutos vermelhos e as nozes.

Preferem o pão artesanal e, certamente, doces ecológicos e de baixa calorias, ricos em soja, aveia ou cevada maltada.

$escape.getHash()uolbr_quizEmbed('http://mulher.uol.com.br/comportamento/quiz/2014/12/16/qual-e-o-seu-perfil-profissional.htm')

São responsáveis com a natureza e têm consciência sobre a importância de preservar o meio ambiente, tanto que entre seus hábitos se encontra a reciclagem.

Quanto a sua estética, os "muppies" se vestem com roupa de marca, mas sem seguir tendências, impõem seu estilo informal, usam jaquetas e são "admiradores" das calças jeans de última geração.

Bolsas e sapatos, junto com os acessórios para personalizar o tablet e o telefone celular, são seus complementos favoritos.

Não olham para o futuro, preferem viver o dia a dia, sem grandes planos, e desfrutar das boas coisas que a vida proporciona.

Universa