PUBLICIDADE

Topo

Universa

Avanços tecnológicos prejudicam vida a dois, diz estudo

07/03/2008 17h58

As invenções tecnológicas da vida moderna, como computadores e telefones celulares, estão prejudicando o relacionamento de casais britânicos na hora de ir para a cama, aponta uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha.

O estudo, conduzido pela organização The Sleep Council, ouviu cerca de 1,4 mil britânicos de várias faixas etárias e mostrou que aparelhos como computadores, jogos eletrônicos e celulares podem estar se tornando os grandes vilões da vida a dois.

A sondagem, que investigou os hábitos que as pessoas têm na hora de dormir, apontou que 9% dos entrevistados disseram que sempre dormem sozinhos e 16% admitiram dormir longe do parceiro pelo menos uma vez por mês, porque seus quartos "acabaram se tornando uma central de comunicação".

De acordo com o Sleep Council, oito em cada dez pessoas disseram usar computadores e outros aparelhos pouco antes de pegar no sono.

Um terço disse fazer ligações, enviar ou receber e-mails e mensagens pelo celular quando já estão deitados.

Orações
A pesquisa ainda mostrou que um em cada cinco admite acessar sites de relacionamento, jogar no computador e ouvir músicas no formato mp3.

Em contrapartida, dizem os especialistas, "apenas um décimo dos entrevistados disse rezar antes de dormir".

Para Jessica Alexander, do Sleep Council, "com a nossa sociedade funcionando 24 horas por dia, sete dias por semana, os aparelhos eletrônicos estão dividindo a vida e até os quartos dos casais".

Ainda segundo Alexander, adultos jovens têm mais tendência a dizer aos parceiros que "não querem ser incomodados com eletrônicos quando já estão na cama".

"Eles preferem dormir separados e ter uma boa noite de sono e acreditam que isso não significa uma crise no relacionamento", afirma.

Ainda segundo a sondagem, adultos entre 25 e 34 anos são os que mais gostam de dormir cedo durante a semana, indo para cama por volta das 22h.

O estudo ainda apontou que 37% dos homens dormem de pijamas e 40% preferem ficar nus.

Universa