PUBLICIDADE

Topo

Universa

Pais aproveitam mais o tempo com os primogênitos, diz estudo

18/02/2008 12h49

Os pais passam cerca de 3 mil horas - o equivalente a 125 dias - a mais com os primogênitos no período entre os 4 e 13 anos de idade do que com os outros filhos, sugere uma pesquisa divulgada na revista científica Journal of Human Resources.

O estudo, realizado na Brigham Young University, em Utah, nos Estados Unidos, ressalta que além de passar mais tempo com os pais, os primogênitos passariam momentos mais proveitosos, realizando atividades de qualidade com os pais.

Segundo Joseph Price, autor do estudo, isso pode acontecer porque a infância dos primogênitos é um período onde há mais tempo disponível para ser passado em família.

De acordo com ele, o tempo que os pais passam com os filhos diminui a medida que a família envelhece.

A pesquisa indica que, ao envelhecer, os familiares ficam juntos em atividades consideradas de pouca qualidade, como assistir televisão.

Os resultados indicam que os filhos mais novos passam mais tempo na frente da televisão entre os 4 e 13 anos que os irmãos mais velhos.

Uso do tempo

Para realizar o estudo, os cientistas analisaram dados da pesquisa American Time Use Survey, conduzida pelo governo dos EUA com 21 mil pessoas sobre como os americanos usam o tempo.

Segundo ele, os resultados são os mesmos, independente do tamanho das famílias.

No entanto, ele afirma que pais de famílias grandes dedicam mais tempo em geral aos seus filhos e os mais jovens acabam passando mais tempo de qualidade com os pais do que em famílias menores.

Price acredita que a pesquisa pode complementar estudos anteriores que afirmam que os filhos mais velhos têm um QI mais alto, são melhores alunos e ganham mais dinheiro que os irmãos mais jovens.

De acordo com ele, o estudo recente ofereceria uma explicação para o aparente sucesso dos primogênitos.

"Se o objetivo dos pais é equilibrar o desempenho dos seus filhos, é preciso estar atento a este padrão natural e passar mais tempo de qualidade com os filhos mais novos", diz Price.

Universa