PUBLICIDADE

Topo

Universa

Sete em cada dez britânicos 'admitem romance no trabalho'

12/02/2008 16h49

Uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha apontou que namorar com colegas de trabalho está se tornando algo cada vez mais comum e aberto.

O estudo, conduzido pela agência de empregos CareerBuilder, mostrou que sete em cada dez britânicos disseram que seus romances não são mantidos em segredo.

A pesquisa entrevistou mais de 500 pessoas e foi realizada aproveitando a proximidade do Valentine's Day (Dia de São Valentim), equivalente ao Dia dos Namorados, comemorado nesta quinta-feira na Europa e nos Estados Unidos.

O levantamento ainda mostrou que 30% já namoraram colegas de trabalho em algum momento da carreira e que um em cada cinco, ou 21% dos entrevistados, encontram a cara-metade no trabalho e acabaram se casando.

Hierarquia
O estudo mostrou também que 22% dos entrevistados admitiram já ter se envolvido com o chefe - mais as mulheres do que os homens. Enquanto 30% das entrevistadas disseram já ter vivido uma história de amor com alguém acima na hierarquia, apenas 14% dos entrevistados do sexo masculino disseram ter passado pela mesma experiência.

E quase todos os participantes da pesquisa (98%) disseram que este tipo de relacionamento não representou nenhum progresso na carreira.

"O importante é saber manter o profissionalismo para que todas as possíveis divergências sejam resolvidas sempre fora do trabalho", disse Tony Roy, diretor da CareersBuilder.

Ainda segundo o estudo, 12% dos entrevistados disseram estar de olho em colegas com os quais trabalham atualmente.

Universa